Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Setembro 20, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Santana Lopes defende em Castelo Branco prioridade para a coesão territorial

Santana Lopes defende em Castelo Branco prioridade para a coesão territorial
José Lagiosa

Pedro Santana Lopes candidato, à Presidência da Comissão Politica Nacional do PPD/PSD, disse hoje em Castelo Branco que defende para o país políticas de coesão territorial.

Santana Lopes falava à comunicação social, à chegada à cidade albicastrense, onde se reuniu ao jantar com a estrutura de campanha do distrito, numa unidade hoteleira.

Depois da Guarda, seguiu-se Castelo Branco para “começar pelo interior, pelos territórios afetados pela praga da desertificação”, referiu o ex- Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

“Pratico e digo ao longo dos anos”, afirmou o candidato referindo-se às práticas políticas de descentralização.

Para inverter a tendência de esvaziamento verificado nas últimas décadas, deu o exemplo, quando foi 1º ministro, de ter “espalhado várias secretarias de Estado pelo país”, como um sinal para essa necessidade de inversão.

Por isso é “muito importante, sentir que os distritos do interior confiam nas propostas políticas”, afirmou Santana Lopes, referindo-se ainda ao combate ao despovoamento e desertificação, “nos territórios de baixa densidade”.

Estas são reuniões de trabalho e esclarecimento dos militantes “da situação que temos pela frente, para construir uma alternativa de governo, com um rumo sólido e estável para o país, concluiu Pedro Santana Lopes.

Santana Lopes ladeado pelo presidente da CM de Oleiros, Fernando Jorge e pelo deputado social democrata, Manuel Frexes

Refira-se que nesta corrida, à presidência do partido, Pedro Santana Lopes, tem como adversário, Rui Rio, ex-presidente da Câmara Municipal do Porto.

Comentar