Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Janeiro 28, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Universidade da Beira Interior em projeto de reutilização de águas residuais

Universidade da Beira Interior em projeto de reutilização de águas residuais
José Lagiosa

A Universidade da Beira Interior (UBI) anunciou hoje que integra um projeto ibérico com financiamento aprovado de um milhão de euros que visa o tratamento e reutilização de águas residuais em pequenos aglomerados urbanos.

Segundo a informação publicada na página da internet desta instituição de ensino superior sediada na Covilhã, distrito de Castelo Branco, o projeto envolve 15 entidades de Portugal e Espanha, entre centros de investigação, universidades, empresas municipais de abastecimento de água e empresas privadas.

Com a denominação “IDIaqua”, este projeto já foi aprovado pela comissão de gestão do INTERREG V e terá a duração de três anos, durante os quais serão criadas infraestruturas em laboratórios de centros de investigação das universidades envolvidas e nas empresas do consórcio.

O objetivo é “desenvolver investigação em conjunto e aplicar mais rapidamente os resultados nas empresas envolvidas”.

Na UBI, o programa é liderado pelo docente António Albuquerque e a investigação será realizada no Departamento de Engenharia Civil e Arquitetura (DECA) e na Unidade de Investigação FibEnTech.

“A UBI vai ajudar a montar, monitorizar e estudar a remoção de poluentes emergentes e de metais pesados, bem como a possibilidade de reutilização das águas tratadas, em instalações de tratamento da Águas do Zêzere e Côa, integradas na empresa Águas de Lisboa e Vale do Tejo”, refere António Albuquerque, que é citado na nota.

A informação também acrescenta que irá desenvolver-se nesta universidade uma tese de doutoramento na área da Engenharia Civil, que está inserida no “IDIaqua”.

“Em termos materiais, a UBI vai beneficiar do aperfeiçoamento dos meios de investigação nos laboratórios do DECA e do Departamento de Química, que já estão preparados para investigação no âmbito do tratamento e reutilização de águas”, é referido.

Além de António Albuquerque (DECA), fazem parte da equipa local Rogério Simões e Arlindo Gomes, ambos do Departamento de Química da UBI. Os três investigadores integram a Unidade de Investigação FibEnTech.

*Lusa

Comentar