Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

BeiraNews | Maio 21, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Passagem de ano com fogo-de-artifício sincronizado em Belmonte, Covilhã e Fundão

Passagem de ano com fogo-de-artifício sincronizado em Belmonte, Covilhã e Fundão
José Lagiosa

A passagem de ano na Cova da Beira vai ser assinalada com fogo-de-artifício sincronizado entre Belmonte, Covilhã e Fundão, anunciou a Câmara da Covilhã.

“O ponto alto desta passagem de ano” na Cova da Beira “será um grandioso fogo-de-artifício que vai iluminar toda a região, já que a pirotecnia será lançada de forma sincronizada em três concelhos distintos: Fundão, Covilhã e Belmonte”, afirma a Câmara da Covilhã, numa nota enviada à agência Lusa.

A vila de Belmonte e as cidades da Covilhã e do Fundão são os três principais centros urbanos da sub-região da Cova da Beira, que agrega estes três municípios do distrito de Castelo Branco e duas freguesias do concelho de Castelo Branco, com uma população total de quase 90 mil habitantes, de acordo com os censos de 2011.

A parceria entre os três municípios para a realização do espetáculo de pirotecnia “aponta para um futuro de colaboração e união em prol do desenvolvimento turístico da Cova da Beira”, sustenta o presidente da Câmara da Covilhã, Vítor Pereira.

Além do espetáculo de pirotécnia, a passagem de ano na Covilhã terá, numa tenda gigante instalada na Praça do Município (vulgarmente conhecida por Pelourinho), “djs, muita animação musical e os inevitáveis bolos rei e espumante”, indica a autarquia.

Com a iniciativa, promovida pela Câmara e pelas discotecas Companhia Clube e Ex.Libris, o município pretende “atrair centenas de pessoas à Praça do Município para dar as boas vindas a 2018” e também “ampliar o leque de eventos, que tornam a Covilhã e a Cova da Beira num destino turístico de eleição”.

Um concerto pela Orquestra Municipal do Fundão, com a participação especial de Beatriz Nunes (Madredeus) e Gil Gonçalves (Kumpania Algazarra), no sábado, às 21:30, é uma das iniciativas com que o município assinala o fim de ano.

O espetáculo, que é gratuito, mas sujeito a reservas, designadamente através do telefone 275 773 032, realizar-se-á no centro cultural A Moagem/Cidade do Engenho e das Artes, no Fundão.

*Lusa / Foto: sicnoticias.sapo.pt

Comentar