16.7 C
Castelo Branco
Terça-feira, Setembro 29, 2020
No menu items!
Início Internacional Wonder Laces estende negócio a Angola

Wonder Laces estende negócio a Angola

A marca portuguesa de aplicações para calçado Wonder Laces expandiu o negócio para Angola, no final de 2017, adotando naquele país a designação: Wonder Laces Angola.

O ano passado ficou ainda marcado pela conquista de sete pontos de venda em território nacional.

Para 2018, as metas são a cobertura nacional e a entrada em novos países.

A internacionalização resulta da estratégia de expansão da marca para novos mercados, marco que foi consolidado através de uma parceria local com a empresa Himbas, liderada por duas empreendedoras residentes em Luanda.

Rendidas às aplicações Wonder Laces desde o primeiro contacto, as duas empresárias decidiram investir num produto que consideram criativo, inovador e com elevado potencial comercial.

Segundo as representantes da marca naquele país africano, a gestão do negócio será feita com visão e ambição, tendo traçado como objetivo inicial introduzir a Wonder Laces Angola em vários pontos de venda, apostando em centros nevrálgicos da cidade.

A marca Wonder Laces foi fundada, em março de 2017, por Madalena Ruão Garcez que criou uma nova tendência de moda que se propõe a dar uma nova vida a sapatilhas ou sapatos através de aplicações de vários feitios, formas e cores. Um desafio lançado à criatividade, gosto e estilo de cada pessoa.

Madalena Ruão Garcez explica que a ideia surgiu pelo facto de ser uma apaixonada pelo mundo da moda e que, após um estudo de mercado, descobriu que não havia, em Portugal, nenhuma marca que disponibilizasse aplicações para calçado: “Perante a nova tendência de moda com recurso a aplicações, percebemos que existia uma lacuna no mercado português, uma vez que, não existia nenhuma marca com acessórios para sapatilhas. A Wonder Laces surge com esta missão e com o intuito de dar uma nova vida, não só, às sapatilhas, mas também, ao calçado em geral, de uma forma criativa, prática e económica”.

Atacadores, franjas, palas, pompons de várias cores e feitios estão entre as aplicações que a marca vende através da sua loja online e dos vários pontos de venda.

São acessórios para todos os gostos e estilos que permitem a cada pessoa personalizar o seu visual, seja ele mais arrojado, desportivo ou clássico. 

Wonder Laces Angola é já uma realidade

“São muitas as opções disponíveis: desde cordões estampados, com diversos desenhos, passando por franjas, palas e pompons coloridos, até aplicações com temas ou brilhantes. Temos uma grande variedade de acessórios facilmente adaptáveis e que se enquadram em qualquer look, sport ou sport chic, ora mais glamouroso ou mais conservador, ora mais feminino ou mais masculino, refere Madalena Ruão Garcez.

A Wonder Laces já conquistou a recomendação e o reconhecimento dos mais conceituados e reputados bloggers einstagramares nacionais, entre outras figuras públicas da Televisão.

A marca tem investido numa comunicação de proximidade com os clientes, através das redes sociais e tem participação em vários eventos relacionados com novas tendências, inovação e moda, nomeadamente, feiras de fashion e urban market.

De acordo com Madalena Ruão Garcez, a estratégia comercial para 2017 foi totalmente superada: “Para além da loja online, conseguimos criar sete novos pontos de venda através de parcerias com várias lojas localizadas no Porto, Matosinhos, Vila Nova de Gaia, Paredes, Penafiel e São João da Madeira e, ainda, conseguimos internacionalizar a marca. Para 2018, o objetivo é alcançar a cobertura nacional e entrar em novos países”.

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Presidente do Município reconhece apoio das farmácias à comunidade durante a pandemia

O Presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Fernando Jorge, visitou esta sexta-feira, a Farmácia Xavier Gomes, no Orvalho.

Investigador da UC distinguido com prémio internacional

João Peça, investigador do Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra (CNC-UC), foi distinguido com o “IBRO 2020 Early...

Ponto de Vista… por António Justo

Ursula von der Leyen, a Presidente da União Europeia, médica, mãe de sete filhos, que para proteger as gravidezes não bebia álcool...

Covid-19: Associação quer profissionais de cuidados paliativos nas equipas multidisciplinares

A Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos defende que os profissionais desta área devem estar mais presentes nas equipas que assistem doentes com...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: