9.1 C
Castelo Branco
Sábado, Setembro 26, 2020
No menu items!
Início Cultura "A montaria de D. Carlos I, episódios da caçada real em Isna"...

“A montaria de D. Carlos I, episódios da caçada real em Isna” dia 27 de janeiro

O Município de Oleiros e a Junta de Freguesia de Isna, com o apoio do ISCA (Isna Sport Clube e Alvélos), levam a efeito, no próximo dia 27 de janeiro, pelas 12:00h, naquela aldeia em xisto, a recriação histórica “A montaria de D. Carlos I, episódios da caçada real”, pela Companhia de Teatro Viv´Arte.

A ação integra o “Ateliê da Broa da Isna e da Castanha”, uma iniciativa que o Município está a desenvolver nos próximos dois anos e ocorre no final de um passeio pedestre interativo por terras de seculares castanheiros, javalis e várzeas de milho que estão na base da elaboração da tão famosa Broa da Isna.

Durante o percurso, o qual tem início marcado para as 9:00h, os participantes podem mesmo experienciar algumas das fases de elaboração daquela especialidade. Após a recriação histórica, haverá um almoço temático, pelas 13:00h, para quem estiver inscrito.

Cartaz das atividades na Freguesia da Isna

A atividade integra a ação municipal “Dez Freguesias, Dez Experiências”, enquadrada no projeto intermunicipal Beira Baixa Cultural, na categoria Ateliês Temáticos de Cultura e Gastronomia.

Recorde-se que este é um projeto promovido pela Comunidade Intermunicipal e Municípios que a constituem, sendo cofinanciado pelo Fundo de Desenvolvimento Europeu / Portugal 2020.

Culturalmente, pretende-se dar destaque à caçada real ocorrida em 1901, na qual durante 4 dias, o rei D. Carlos I fez de Isna o seu Paço Real.

Os registos históricos deste facto estão bem patentes na toponímia da localidade (a rua principal tem o nome do monarca) e na existência de um fontanário naquela rua, a Fonte das Mulheres, resultado de um pedido efetuado pela população feminina, de cujas mãos surge a tradicional Broa da Isna. Em termos gastronómicos, para além desta especialidade, a castanha e o javali também terão o seu apontamento no almoço temático.

Com esta iniciativa, o Município pretende percorrer as freguesias do concelho, divulgando a sua gastronomia, artes, ofícios e tradições.

A ideia passa por envolver toda a comunidade e assim dar um novo ânimo ao território. Desta forma oferecem-se experiências únicas e diferenciadoras, recorrendo à participação direta dos participantes ao longo dos ateliês.

O próximo está já agendado para dia 24 de fevereiro, na freguesia de Mosteiro. Subordinado ao tema do Fumeiro e das Sopas, neste caso a recriação histórica irá abordar “A vida monástica, agasalho e aconchego aos viandantes e peregrinos”, numa clara alusão à influência da Ordem de Malta naquela freguesia.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Portugal apoia plano promovido por Guterres e valoriza papel da OMS frisou Costa

O primeiro-ministro, António Costa, transmitiu hoje o seu apoio ao "plano global" do secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, contra a covid-19...

Candidato Presidencial Tiago Mayan visita Coimbra

Iniciativa Liberal Coimbra coordena um programa focado nos temas da Saúde, Empreendedorismo, Educação e Economia Tiago Mayan, candidato...

Partido Aliança realiza 2º Congresso este fim de semana em Torres Vedras

O Partido Aliança realiza o 2º Congresso Nacional, amanhã e domingo em Torres Vedras. Neste Congresso o Aliança vai...

Presidente do Fórum da Energia e Clima diz que coronavírus resulta de agressão à natureza

O presidente do Fórum da Energia e Clima considerou hoje que o coronavírus se junta às centenas de doenças novas que surgiram...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: