18.3 C
Castelo Branco
Sábado, Setembro 26, 2020
No menu items!
Início Internacional Ponto de Vista... por António Justo

Ponto de Vista… por António Justo

Curdos – Um Povo silenciado sem Direito à própria Terra

A TURQUIA USA ARMAS DA ALEMANHA CONTRA OS CURDOS NA SÍRIA

Um escândalo para a Alemanha e para a Nato! O governo turco não respeita países aliados nem amigos! Agora que os curdos foram decisivos na luta contra o terrorismo do IS, Erdogan organizou uma ofensiva contra os curdos e invadiu o território deles no país vizinho; isto com o intuito de enfraquecer a região curda da Turquia.

António Justo

No contexto da cooperação militar entre parceiros da NATO a Alemanha, segundo o Jornal HNA, entre 1982 e 1984, vendeu à Turquia 71 tanques de guerra (Leopardo I), no quadro do apoio à defesa da NATO. De 1990 a 1993 vendeu-lhe mais 320. O uso dos tanques estava condicionado à defesa. Entre 2006 e 2011 a Alemanha forneceu mais 350 do tipo moderno Leopardo 2A4, que agora são empregues para invadir território curdo na Síria.

O povo curdo continua a ser injustiçado e perseguido com a conivência da Europa. Até quando o povo curdo terá de esperar por ver reconhecida, internacionalmente, a sua região como Estado independente, o Estado Curdistão?  Os curdos não podem contar com o apoio da Alemanha dado os seus interesses se identificarem com os milhões de turcos que vivem na Alemanha e cujo nacionalismo se impõe a direitos de povos como o curdo!

A Turquia conseguiu, também agora, um acordo de entrega de armas sofisticadas francesas em troca da entrega de um jornalista francês arbitrariamente preso na Turquia.

Depois dos Curdos terem contribuído em grande medida para a vitória da Aliança contra o IS no Iraque e na Síria, onde desempenharam grande papel como tropas de combate em terra, vêem-se atraiçoados. A Turquia aproveita-se e invade território vizinho para impedir a aliança dos curdos das regiões vizinhas na formação de um Estado Curdistão.

O povo curdo tem sido sempre vítima dos interesses internacionais. Já, aquando da formação do Estado turco apoiaram Ataturk na esperança de lhes ser reconhecida a independência na sua região e agora que deram o corpo ao manifesto contra o terrorismo, vêem-se abandonados por uma Europa gananciosa empenhada apenas nos jogos de interesses entre os poderosos.

O povo curdo continua a ser injustiçado e perseguido com a conivência da Europa e sem direito à autonomia na sua região. O Curdistão foi vítima de muitas invasões tendo sido repartido por povos invasores que hoje defendem as suas fatias territoriais; os mesmos dizem-se serem amigos de palestinenses e de Israel!… Hipocrisia das hipocrisias, tudo é hipocrisia, tal como se constata na sabedoria bíblica que diz: “Vaidade das vaidades, tudo é vaidade”!

*António Justo
Pegadas do Tempo, ver comentários em  http://antonio-justo.eu/?p=4627

 

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Sessão pública ordinária da Assembleia Municipal de Oleiros no dia 30 de setembro

Realiza-se na próxima quarta-feira, dia 30 de setembro, a sessão pública ordinária da Assembleia Municipal, com início marcado para as 14h30, no...

Gabinete de Digitalização e Inclusão 4.0 do Politécnico de Castelo Branco dinamizou Ciclo de Webinares

O Gabinete de Digitalização e Inclusão 4.0 do Politécnico de Castelo Branco organizou um conjunto de 3 webinares sob a temática «Incrementar...

Covid-19: Portugal apoia plano promovido por Guterres e valoriza papel da OMS frisou Costa

O primeiro-ministro, António Costa, transmitiu hoje o seu apoio ao "plano global" do secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, contra a covid-19...

Candidato Presidencial Tiago Mayan visita Coimbra

Iniciativa Liberal Coimbra coordena um programa focado nos temas da Saúde, Empreendedorismo, Educação e Economia Tiago Mayan, candidato...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: