As caraterísticas do caixão permitiram supor que as ossadas “têm centenas de anos”, como referiu o comissário Figueiredo.

O caixão, descoberto de manhã, foi removido pela PSP a meio da tarde, depois da devida autorização judicial.

O templo de S.José dos Carpinteiros, na rua de São José, foi elevado a igreja em 1567, tendo sido reedificado após o terramoto de 1755, obedecendo à arquitetura barroca e pombalina.

Foi nesta igreja que foi batizado o poeta Alexandre O’Neill.

*Lusa / Foto: Global Notícias