16.7 C
Castelo Branco
Terça-feira, Setembro 29, 2020
No menu items!
Início Regional Castelo Branco aposta em novo paradigma social com as Hortas da Quinta...

Castelo Branco aposta em novo paradigma social com as Hortas da Quinta do Chinco

Os 72 utilizadores das Hortas Sociais da Quinta do Chinco, em Castelo Branco, já estão a plantar os seus talhões com diversas culturas, nomeadamente alface, couve, alho, cebola, ervas aromáticas/medicinais e plantas ornamentais diversas.
Após a formação em agricultura em modo de produção biológico e competências de cidadania, a qual tinha carácter obrigatória, segundo as normas do concurso promovido pela Câmara Municipal de Castelo Branco, todos os 72 utilizadores passaram a estar aptos a iniciarem a preparação dos terrenos e o seu cultivo.
Com o início das plantações, a Quinta do Chinco mostra já um novo cenário, o qual vem demonstrar uma nova realidade urbana na cidade, assim como das pessoas que mesmo perto do mundo rural querem ter uma horta no meio da cidade.
O presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, afirma que “neste espaço existe um verdadeiro reforço da comunidade, naquilo que é uma nova realidade e dinâmica de cooperação social. A forma entusiasta com que estes agricultores aderiram ao projeto, foi a prova de que estamos perante uma nova sociedade que esta autarquia pretende acompanhar e apoiar.”
Paralelamente à utilização das hortas, a Câmara Municipal de Castelo Branco visa desenvolver, nesta Quinta recuperada , um projeto de cerca de um milhão de euros,  inúmeras iniciativas de carácter educativo, pedagógico e associativo, em plena comunhão com a comunidade envolvente.
Numa lógica ambiental, o Município, quer também promover neste espaço verde o aproveitamento dos resíduos orgânicos, contribuindo desta forma para descongestionar o ambiente urbano.
As Hortas Sociais da Quinta do Chinco, situadas entre dois Bairros da Cidade de Castelo Branco, Bairro da Carapalha e Ribeiro das Perdizes, é um projeto onde a autarquia pretende estimular a integração e a convivência social entre diferentes gerações, com idades, aptidões físicas e heranças culturais variadas, fomentando o espírito comunitário e a entreajuda.

Nota-se já a intervenção dos 72 albicastrenses nas Hortas Sociais da Quinta do Chinco

Este espaço é também um apoio à subsistência das famílias e indivíduos e um complemento para as economias familiares, proporcionando-lhes também o acesso a uma alimentação mais variada, rica, ecológica e saudável produzida pelos próprios.
O projeto das Hortas Sociais da Quinta do Chinco foi cofinanciado pelos Fundos Comunitários do Portugal 2020, no âmbito do Programa Regional do Centro.
 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Presidente do Município reconhece apoio das farmácias à comunidade durante a pandemia

O Presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Fernando Jorge, visitou esta sexta-feira, a Farmácia Xavier Gomes, no Orvalho.

Investigador da UC distinguido com prémio internacional

João Peça, investigador do Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra (CNC-UC), foi distinguido com o “IBRO 2020 Early...

Ponto de Vista… por António Justo

Ursula von der Leyen, a Presidente da União Europeia, médica, mãe de sete filhos, que para proteger as gravidezes não bebia álcool...

Covid-19: Associação quer profissionais de cuidados paliativos nas equipas multidisciplinares

A Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos defende que os profissionais desta área devem estar mais presentes nas equipas que assistem doentes com...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: