17.2 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Setembro 30, 2020
No menu items!
Início Desporto Pedro Martins deixa de ser treinador do Vitória de Guimarães

Pedro Martins deixa de ser treinador do Vitória de Guimarães

O treinador Pedro Martins deixou na noite de domingo o comando do Vitória de Guimarães, anunciou o presidente do clube da I Liga portuguesa de futebol, Júlio Mendes, após a derrota da equipa no dérbi com o Sporting de Braga (5-0).

“O ‘mister’ Pedro Martins não é mais treinador deste clube”, afirmou o dirigente, na sala de imprensa do Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, após o jogo da 23.ª jornada do campeonato.

O treinador deixa o comando dos vitorianos, depois de ter chegado ao clube em maio de 2016 e de ter conduzido a equipa ao quarto lugar na época passada e à final da Taça de Portugal, no Estádio Nacional, que viria a perder para o Benfica (2-1).

Nesta época, os vitorianos, sob o comando de Pedro Martins, conseguiram apenas 12 vitórias em 36 jogos relativos ao campeonato, à Taça de Portugal, à Taça da Liga e à Liga Europa, estando no 10.º lugar da I Liga, com 29 pontos, a sete do objetivo mínimo estabelecido, o quinto lugar.

O técnico já orientou também no principal escalão Marítimo (2010/11 a 2013/15) e Rio Ave (2014/15 a 2015/16).

Pedro Martins é o décimo treinador despedido na I Liga

O Vitória de Guimarães, goleado hoje em casa pelo rival Sporting de Braga (5-0), protagonizou a décima ‘chicotada’ na I Liga de futebol, ao anunciar a saída do treinador Pedro Martins.

Os vimaranenses sofreram hoje a pior derrota de sempre em casa frente ao rival Braga na primeira divisão, em jogo da 23.ª jornada do campeonato, que manteve a equipa de Guimarães no nono lugar.

O anúncio da saída de Pedro Martins, que se encontrava no clube desde a última temporada, eleva para dez os despedimentos de treinadores na edição 2017/18 da Liga.

Foram dez as saídas, mas apenas sete os clubes a mudarem de treinador, sendo que Desportivo das Aves, Paços de Ferreira e Moreirense já trocaram por duas vezes de técnico.

O último tinha sido o Moreirense, que na terça-feira oficializou o regresso de Petit, após a saída de Sérgio Vieira. A equipa de Moreira de Cónegos já tinha também deixado de contar com Manuel Machado, à décima jornada.

Na presente edição do campeonato, também trocaram duas vezes de treinador o Paços de Ferreira, que começou a época com Vasco Seabra, prosseguiu com Petit e é agora orientado por João Henriques, e o Desportivo das Aves, agora orientado por José Mota, como coordenador técnico, depois de Ricardo Soares ter sido sucedido por Lito Vidigal.

Entre as ‘chicotadas psicológicas’ na I Liga, além das seis protagonizadas por estes clubes, contam-se ainda as saídas de técnicos de Boavista, Estoril Praia e Belenenses, com as entradas de Jorge Simão, Ivo Vieira e Silas, para os lugares de Miguel Leal, Pedro Emanuel e Domingos Paciência, respetivamente.

*Lusa / Foto: MadreMedia

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Santa Clara – Gil Vicente vai ser o primeiro jogo da I Liga com público

O jogo Santa Clara – Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga de futebol, vai ter uma assistência de 1.000 pessoas,...

Museu de Arte e Arquitetura gratuito no fim de semana e feriado pelo 4.º aniversário

Visitas guiadas a exposições, música, teatro, conversas e oficinas compõem a programação dos três dias de celebrações do 4.º aniversário do Museu...

João Morgado vence 13.ª edição do Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca com a obra “Contos de Macau”

Câmara Municipal de Santiago do Cacém  Já é conhecida a obra vencedora da 13.ª Edição do Prémio Nacional...

Escolas Doutorais, pandemia e orçamento estiveram em discussão no Conselho Geral da UC

O orçamento da Universidade de Coimbra (UC) e dos Serviços de Ação Social da Universidade de Coimbra (SASUC), o impacto da pandemia...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: