Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Dezembro 10, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Ponto de Vista… por António Mateus Dias

Ponto de Vista… por António Mateus Dias
José Lagiosa

Defender os reformados e pensionistas de Portugal é objetivo primeiro

Como venho a escrever ao longo dos anos, sempre defendi a separação dos partidos (política) dos sindicatos, evitando amarrar-lhes a liberdade de ação, presos muitas vezes a ideologias desfasadas no tempo.

António Mateus Dias

Com o aparecimento de associações de reformados, aconteceu o mesmo fenómeno, qualquer uma das existentes, estão precisamente amarradas aos partidos.

Por isso não cumprem o seu papel na defesa dos seus associados com os seus dirigentes, alguns conhecidos de todos, até exerciam cargos na partidarite instalada, por isso como podem defender os dois ao mesmo tempo.

Por isso as suas intervenções baseiam-se numas conversas televisivas, por terem acesso a esses meios e que pouco ou nada esclarecem os seus associados.

Foi por tudo isto que cerca de 20 reformados, com reformas baixas e com menos de 400€ para papel e toner, conseguiram que fosse aprovado em Acordão pelo Tribunal Constitucional o PURP.

O PURP – Partido Unido dos Reformados e Pensionistas, serve para a defesa de todos e para nunca mais serem desrespeitados, reformados e pensionistas, tendo como filosofia a defesa de causas e o bem comum, orientado para ser um partido para toda a sociedade!

*Antonio Mateus Dias, secretário-Geral do PURP

 

 

Comentar