14.4 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Setembro 30, 2020
No menu items!
Início Cultura Filme canadiano “Les Affamés” de Robin Aubert vence grande prémio do Fantasporto

Filme canadiano “Les Affamés” de Robin Aubert vence grande prémio do Fantasporto

O realizador canadiano Robin Aubert voltou a ser premiado no Fantasporto, anunciou hoje a organização do festival, ao atribuir o grande prémio da 38.ª edição a “Les Affamés”, que também recebeu a distinção de melhor realização.

Depois de ter sido premiado pela melhor realização no Fantasporto em 2006, Aubert é agora duplamente galardoado, com a conquista do grande prémio do festival por uma obra que conta a história de uma “pequena e remota aldeia do Quebeque”, onde “os habitantes locais sofreram terríveis modificações e de repente viraram-se contra as pessoas que mais amavam”, segundo a sinopse do festival.

Escrito e realizado por Aubert, “Les Affamés” foi já premiado no Festival Internacional de Cinema de Toronto, no festival de Novo Cinema de Montreal e no Festival Internacional de Cinema Fantástico Nocturna Madrid, segundo a listagem do iMDB.

De acordo com a organização, o prémio especial do júri da secção oficial de cinema fantástico foi para “November”, de Rainer Sarnet, que também foi distinguido pelos efeitos especiais, enquanto Ian Veneracion venceu o prémio de melhor ator por “The Water Spirit” e Jessica McLeod o de melhor atriz por “The Hollow Child”.

O melhor argumento foi dado a “Glass Garden”, de Shin Su-won, e o título de melhor curta-metragem do festival foi atribuído a “Belle à Croquer”, de Axel Courtière.

Na Semana dos Realizadores, o prémio de melhor filme foi para “True Friction”, de Jin-Mook Kim, que também venceu a competição de melhor argumento.

O prémio especial do júri da secção foi dado a “Bikini Moon”, do realizador conhecido do festival Milcho Manchevski, enquanto a melhor realização foi atribuída a “The Originals”, do egípcio Marwan Hamed.

Eric da Silva foi o melhor ator da secção, no português “Uma Vida Sublime”, de Luís Diogo, e Soho Rezanejad venceu o prémio de melhor atriz em “The Charmer”.

O filme “Ajin: Demi-Human” conquistou a secção Orient Express e “The Butcher, The Whore and the One-Eyed Man”, de János Szasz, obteve o prémio da crítica do festival.

Já o prémio do público distinguiu “The Child Remains”, de Michael Melski.

O Festival Internacional de Cinema do Porto Fantasporto termina no domingo e tem hoje a sessão de encerramento, com a exibição do filme vencedor do grande prémio, antecedido pela melhor curta-metragem do evento.

Domingo é “o dia de todos os premiados”, com a exibição dos filmes vencedores nos dois auditórios do Teatro Municipal Rivoli.

*Lusa / Foto: Nacho Gallego / Lusa

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Ponto de Vista… por António Justo

Geopolítica e Portugal União Europeia entre os USA e a Rússia a serem empurrados pela China

Covid-19: Santa Clara – Gil Vicente vai ser o primeiro jogo da I Liga com público

O jogo Santa Clara – Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga de futebol, vai ter uma assistência de 1.000 pessoas,...

Museu de Arte e Arquitetura gratuito no fim de semana e feriado pelo 4.º aniversário

Visitas guiadas a exposições, música, teatro, conversas e oficinas compõem a programação dos três dias de celebrações do 4.º aniversário do Museu...

João Morgado vence 13.ª edição do Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca com a obra “Contos de Macau”

Câmara Municipal de Santiago do Cacém  Já é conhecida a obra vencedora da 13.ª Edição do Prémio Nacional...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: