9.3 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Outubro 25, 2021
No menu items!
InícioDesporto“Alentejana” começa amanhã em Vendas Novas

“Alentejana” começa amanhã em Vendas Novas

Cinco dias de competição com o regresso do relógio

A 36ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola começa esta quarta-feira, 14 de março, em Vendas Novas.
Até domingo, um pelotão de 21 equipas vai correr as diversas latitudes da região no maior acontecimento desportivo que, ano após ano se repete numa organização CIMAC – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central e Podium Events.
O regresso de uma etapa de contrarrelógio, após nove anos de ausência, será uma das novidades dos 751,9 quilómetros de competição.
O Regimento de Artilharia nº5 de Vendas Novas acolhe esta quarta-feira, às 11h15, a partida simbólica da etapa inaugural que vai terminar em Serpa.
O primeiro dia de prova terá 173,5KM com contagem de montanha de 4ª categoria em Montemor-o-Novo e Metas Volantes instaladas em Viana do Alentejo, Vidigueira e Moura.
O final, em Serpa, previsto para as 15h40 vai revelar o primeiro líder entre os 146 homens do pelotão.
No ano passado, o espanhol Carlos Barbero com uma vitória de lhe se tirar o chapéu rompeu com a “tradição” nesta prova e como mais nenhum outro vencedor conseguiu repetir o triunfo que alcançara, a primeira vez, em 2014.
Quebrou-se a tradição alentejana, mas as expectativas quanto ao vencedor desta edição renovam, mais uma vez, as particularidades que fazem desta volta uma das competições mais carismáticas.
Entre as 21 formações participantes, Espanha é o país mais representado com cinco equipas mas também a Bélgica, o Reino Unido e a Rússia marcam presença.
Entre os conjuntos nacionais, a W52-FC Porto com o vencedor da última Volta a Portugal, Raul Alarcon, e o Sporting-Tavira com algumas caras novas, destacam-se pelos nomes dos clubes que lhes estão associados.

Cartaz da 36ª Volta ao Alentejo

Últimos Vencedores da Volta ao Alentejo
2017 – Carlos Barbero (Movistar Team)
2016 – Enric Mas (Klein Constantia)
2015 – PawelBernas (Activejet Team)
2014 – Carlos Barbero (Euskadi)
2013 – Jasper Stuyven (Bontrager Cycling Team)

Há 10 anos (2008) – Hector Guerra (Liberty Seguros)
Há 20 anos (1998) – Melchor Mauri (ONCE)
Há 30 anos (1988) – Joaquim Gomes (Louletano – Vale do Lobo)
As marcas da liderança
Ao longo das seis etapas, o pelotão da 36ª Volta ao Alentejo vai lutar por quatro camisolas que representam outras tantas lideranças.
A mais desejada, a Amarela” Crédito Agrícola, será entregue todos os dias provisoriamente ao corredor melhor classificado no somatório de tempos de cada etapa e ficará definitivamente com o vencedor final.
A Classificação Por Pontos terá como símbolo, pelo segundo ano consecutivo, a Camisola Preta Kia, enquanto o “Rei dos Trepadores” vai envergar a Camisola Castanha Delta Cafés.
O Prémio da Juventude será representado na Camisola Branca Fundação INATEL.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: