9.1 C
Castelo Branco
Sábado, Setembro 26, 2020
No menu items!
Início Nacional Turismo no Centro do país cresce acima da média nacional

Turismo no Centro do país cresce acima da média nacional

O turismo no Centro de Portugal mantém um crescimento superior à média nacional, registando em janeiro aumentos de 7,84%, nas dormidas e de 15,44% nas receitas em comparação com 2017, segundo o Instituto Nacional de Estatística.
“A atividade turística no Centro de Portugal iniciou o ano de 2018 como tinha terminado 2017: a crescer de forma clara e superior à média nacional”, resumiu hoje a Entidade Regional de Turismo do Centro, num primeiro comentário aos dados divulgados pelo INE na sua página oficial.
Os números publicados pelo Instituto Nacional de Estatística, relativos a janeiro, mostram uma subida significativa da procura turística da região, contrastando com uma ligeira desaceleração da procura global do país.
A nível das receitas (proveitos), em janeiro de 2018, registou-se um crescimento nos proveitos totais da atividade turística no Centro de Portugal, em comparação com o mesmo mês de 2017: os proveitos subiram 15,44% e ultrapassaram os 12,8 milhões de euros.
O INE indica que, em janeiro de 2018, o total de dormidas na região Centro cresceu 7,84%, em comparação com janeiro de 2017.
Na globalidade, Portugal registou uma ligeira desaceleração no crescimento do turismo, uma vez que, no mesmo período, as dormidas aumentaram 5,10%, menos do que entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017, em que tinham subido 12,71%.
“No Centro de Portugal, o cenário é inverso: os 7,84% de crescimento da região superam os 6,79% de incremento entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017 – o que são sinais muito promissores para o que será o ano de 2018”, refere a Entidade Regional, presidida por Pedro Machado.
No total, contabilizaram-se 228.770 dormidas em janeiro no Centro de Portugal, mais 16,6 mil do que no mesmo mês do ano anterior, que tinha registado 212.132 dormidas. Em janeiro de 2016, verificaram-se 198.627 dormidas no conjunto dos cem municípios abrangidos pela Entidade Regional.
As dormidas por parte dos visitantes estrangeiros continuam a ser o indicador mais positivo e o principal impulsionador do crescimento turístico no Centro de Portugal, reconhece o Turismo Centro. Entre janeiro de 2017 e janeiro de 2018, as dormidas de estrangeiros aumentaram 16,46%, para 79.608 (tinham sido 68.354 em janeiro de 2017).
Comparativamente, o crescimento nas dormidas de estrangeiros a nível nacional foi de 4,30%. Ou seja, destaca a Entidade Regional, as dormidas de estrangeiros cresceram quatro vezes mais no Centro de Portugal do que na globalidade do país.
A procura do Centro de Portugal pelos visitantes nacionais também continua a crescer, embora de forma menos impressiva. Em janeiro de 2018, registaram-se na região 149.162 dormidas de visitantes nacionais, mais 3,74% que em janeiro de 2017.
A Entidade Regional destaca que o Centro de Portugal regista igualmente “números muito promissores” nos restantes indicadores registados pelo INE. É o caso do total de hóspedes, que entre os dois meses de janeiro subiu 4,85%, para 150.747, ou na taxa de ocupação, que subiu 1,30%.
*Lusa / Foto: Paulo Novais / Lusa

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Portugal apoia plano promovido por Guterres e valoriza papel da OMS frisou Costa

O primeiro-ministro, António Costa, transmitiu hoje o seu apoio ao "plano global" do secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, contra a covid-19...

Candidato Presidencial Tiago Mayan visita Coimbra

Iniciativa Liberal Coimbra coordena um programa focado nos temas da Saúde, Empreendedorismo, Educação e Economia Tiago Mayan, candidato...

Partido Aliança realiza 2º Congresso este fim de semana em Torres Vedras

O Partido Aliança realiza o 2º Congresso Nacional, amanhã e domingo em Torres Vedras. Neste Congresso o Aliança vai...

Presidente do Fórum da Energia e Clima diz que coronavírus resulta de agressão à natureza

O presidente do Fórum da Energia e Clima considerou hoje que o coronavírus se junta às centenas de doenças novas que surgiram...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: