Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

BeiraNews | Dezembro 15, 2018

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Oleiros lembrou conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres

Oleiros lembrou conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres
José Lagiosa

O Município de Oleiros assinalou o Dia Internacional da Mulher, na passada quinta-feira, presenteando todas as funcionárias do Município e dos serviços que funcionam no edifício da Câmara Municipal, recordando também a origem deste dia.

Em todos os restaurantes organizadores de jantares alusivos à efeméride foram deixadas também rosas para as Oleirenses.

Além de se ouvir o Fado no Salão Nobre dos Paços do Concelho, lembraram-se “as conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres”.

Celebrado anualmente a 8 de março, teve como origem as manifestações das mulheres russas por melhores condições de vida e de trabalho e contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial.

Essas manifestações marcaram o início da Revolução de 1917.

Entretanto a ideia de celebrar um Dia da Mulher já havia surgido desde os primeiros anos do século XX, nos Estados Unidos e na Europa, no contexto da luta das Mulheres por melhores condições de vida e de trabalho, bem como pelo direito ao voto.

No Ocidente, esta data é comemorada desde o início do século até 1920, tendo sido entretanto esquecida e somente recuperada pelo movimento feminista, já na década de 1960.

No final do século XX, o ano de 1975 foi designado pela ONU como o “Ano Internacional da Mulher” e, em dezembro de 1977, o “8 de março” foi adotado pelas Nações Unidas.

Esta celebração pretende lembrar as conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres, mas também o seu papel na sociedade, ao mesmo tempo que fomenta a igualdade de género.

 

 

 

 

Comentar