Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Agosto 20, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Standard de Liége, de Sá Pinto, conquista Taça da Bélgica no prolongamento

Standard de Liége, de Sá Pinto, conquista Taça da Bélgica no prolongamento
José Lagiosa

Um golo no prolongamento de Emond deu hoje ao Standard de Liège, treinado pelo português Ricardo Sá Pinto, a vitória na final da Taça da Bélgica de futebol, sobre o Genk (1-0).

Emond marcou aos 92 minutos depois do tempo regulamentar não ter registado golos, dando ao Standard a oitava Taça da Bélgica e ao treinador Ricardo Sá Pinto o primeiro troféu sénior enquanto treinador, depois do título de juniores pelo Sporting em 2011/2012.

Sá Pinto perdeu ainda uma final da Taça de Portugal, ao comando da equipa principal dos ‘leões’, em 2011/2012, e consegue aqui o primeiro título de uma carreira que já passou por Estrela Vermelha (Sérvia), OFI (Grécia), Atromitos (Grécia), Belenenses e Al Fateh (Arábia Saudita).

Perante quase 45 mil pessoas nas bancadas do Estádio Rei Balduíno, os primeiros 90 minutos de jogo apresentaram poucas oportunidades, com as duas equipas receosas de sofrer golos.

No prolongamento, dois minutos bastaram para que Emond fizesse o primeiro, e único, golo da contenda, a passe do marroquino ex-Benfica Carcela, e o seu sexto golo na competição.

A vitória permite ao Standard apurar-se diretamente para a fase de grupos da Liga Europa, numa temporada em que terminou no sexto posto a fase regular do campeonato com 45 pontos, os mesmos do Genk, quinto.

A formação treinada pelo técnico luso pode ainda chegar ao segundo posto, o último que dá a Liga dos Campeões, durante o ‘play-off’ entre os seis primeiros classificados que definirá o campeão e os lugares europeus.

Para o clube de Sá Pinto, é a oitava Taça conquistada, o terceiro melhor registo, atrás do Club Brugge (11) e do Anderlecht (9), na 17.ª presença, e a ‘vingança’ da final de 2000, na qual o Genk, que tinha vencido as quatro presenças na final anteriores, triunfou por 4-1.

Sá Pinto tornou-se ainda o segundo técnico português a vencer a Taça da Bélgica, após Norton de Matos o ter feito, ao serviço do mesmo clube, em 1981.

Para o antigo treinador do Sporting, é o primeiro título sénior enquanto técnico, aos 45 anos, numa caminhada até à final em que eliminou Heist, Anderlecht, Oostende e Club Brugge.

Para esta campanha vitoriosa do clube belga contribuiu ainda Orlando Sá, que apontou três golos na prova antes de ser transferido, no final de fevereiro, para o clube chinês Henan Jianye.

*Lusa / Foto: Peter Schneider / Lusa

Comentar