11.3 C
Castelo Branco
Sábado, Fevereiro 27, 2021
No menu items!
Início Nacional Castelo Branco inaugurou torre de controle e hangar que custaram mais de...

Castelo Branco inaugurou torre de controle e hangar que custaram mais de um milhão

A Câmara de Castelo Branco investiu mais de um milhão de euros na construção de um hangar e de uma torre de controle, investimento que completa uma infraestrutura que inclui ainda uma pista de aviação e a base de apoio logístico.

“O investimento na torre e no hangar ultrapassa o milhão de euros e foi financiado a 100% pelo orçamento da Câmara de Castelo Branco, sem qualquer apoio comunitário”, afirmou hoje o presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia.

O autarca, que falava aos jornalistas durante a inauguração de um hangar e de uma torre de controle no aeródromo municipal de Castelo Branco, cerimónia integrada no 25º aniversário do aeroclube local, explicou que este investimento vem completar um outro feito na pista e na Base de Apoio Logístico (BAL), que no seu conjunto, ultrapassa os sete milhões de euros.

“Iniciamos o investimento da pista e da BAL, aproveitando oportunidades de apoio comunitário, mas não paramos por aqui. Demos continuidade a uma estratégia de desenvolvimento que mostra que temos capacidade de concretização”, disse.

EADS C-295M da Força Aérea Portuguesa

Luís Correia sublinhou que o investimento feito pelo município vai estar ao serviço, não só de Castelo Branco, mas de todos os concelhos vizinhos e, inclusivamente de todo o interior centro.

“Além da dimensão dos investimentos é preciso perceber que este é um investimento não só para o concelho de Castelo Branco, mas que vai ser útil e importante para toda a região. Ficará ao serviço da região e, sobretudo, da região interior centro”, frisou.

Já o presidente do Aeroclube de Castelo Branco, Manuel Rolo, disse que este é o início de um novo ciclo.

“Temos melhores condições e vamos trabalhar mais e melhor depois destes investimentos. Foram 25 anos de luta para chegar aqui. Muito pouca gente tem ideia do que fizemos para chegar aqui. Foi o aeroclube que trouxe os aviões para Castelo Branco”, afirmou.

Este responsável explicou que há 25 anos, na cidade, chegou a haver um abaixo-assinado a correr porque as pessoaas não queriam os aviões a sobrevoar Castelo Branco.

Atualmente, o aeroclube local tem cerca de 150 sócios ativos, possui três aeronaves e já realizou 14 festivais aeronáuticos na cidade.

*Lusa / Fotos: Carlos Castela / beiranews.pt

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: