17.2 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Setembro 30, 2020
No menu items!
Início Desporto António Costa falou sobre paz no centenário da guerra

António Costa falou sobre paz no centenário da guerra


O primeiro-ministro, António Costa, evocou hoje “a paz e a reconciliação entre os povos europeus”, na localidade de La Couture, no norte de França, numa cerimónia evocativa do centenário da Batalha de La Lys.
Em frente ao Monumento aos Mortos portugueses, António Costa afirmou, em francês, que é preciso olhar para o futuro tendo em conta “os erros do passado” e lembrou que “os portugueses sofreram no corpo e na alma a violência” da Primeira Guerra Mundial.
“Cem anos depois, celebramos a paz e a reconciliação entre os povos europeus e a sua vontade de construirmos juntos um futuro comum”, afirmou, sublinhando “o profundo reconhecimento” pela presença do presidente francês, Emmanuel Macron, esta manhã, no cemitério militar de Richebourg, ao lado da delegação portuguesa, presidida pelo chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa.
Depois, em português, o primeiro-ministro dirigiu-se às forças armadas portuguesas, “dignas herdeiras de uma tradição militar”, aos emigrantes que “engrandecem a França e prestigiam Portugal”.
António Costa ainda lembrou, em francês, que “Portugal comprometeu-se a contribuir para a paz” e que respondeu afirmativamente quando a França pediu soldados para a República Centro-Africana, depois dos atentados que sofreu.
Antes da sua intervenção, o primeiro-ministro e o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitaram a igreja onde está exposto o “Cristo das Trincheiras” e um fresco sobre a Batalha de La Lys.
Depois, no Monumento aos Mortos descerraram uma placa evocativa do centenário da Primeira Guerra Mundial.
Esta manhã, no cemitério militar de Richebourg, António Costa participou, ao lado dos presidentes português e francês, na cerimónia de homenagem aos soldados lusos que lutaram na Primeira Guerra Mundial, nomeadamente, na Batalha de La Lys, em 09 de abril de 1918, na qual os portugueses foram destroçados pelas tropas alemãs.
Esta tarde, as comemorações do centenário da batalha de La Lys incluem, ainda, o descerrar de placas em Arras e Lille e visitas a exposições nessas cidades.
Este domingo, Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa estiveram em Paris para descerrar uma placa, na Avenue des Portugais, em “homenagem aos combatentes da Grande Guerra” e participaram numa cerimónia militar de homenagem ao Soldado Desconhecido no Arco do Triunfo, perante largas dezenas de portugueses.
*Lusa / Foto: MÁRIO CRUZ / Lusa

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Santa Clara – Gil Vicente vai ser o primeiro jogo da I Liga com público

O jogo Santa Clara – Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga de futebol, vai ter uma assistência de 1.000 pessoas,...

Museu de Arte e Arquitetura gratuito no fim de semana e feriado pelo 4.º aniversário

Visitas guiadas a exposições, música, teatro, conversas e oficinas compõem a programação dos três dias de celebrações do 4.º aniversário do Museu...

João Morgado vence 13.ª edição do Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca com a obra “Contos de Macau”

Câmara Municipal de Santiago do Cacém  Já é conhecida a obra vencedora da 13.ª Edição do Prémio Nacional...

Escolas Doutorais, pandemia e orçamento estiveram em discussão no Conselho Geral da UC

O orçamento da Universidade de Coimbra (UC) e dos Serviços de Ação Social da Universidade de Coimbra (SASUC), o impacto da pandemia...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: