19.9 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Setembro 24, 2020
No menu items!
Início Cultura Fronteira-Festival Literário inicia hoje nas escolas de Castelo Branco

Fronteira-Festival Literário inicia hoje nas escolas de Castelo Branco

Vai juntar escritores e jornalistas para discutir o impacto e repercussões do Nobel na literatura portuguesa e lusófona

  • Há 20 anos José Saramago foi agraciado com o Prémio Nobel da Literatura, o primeiro para autores de língua portuguesa;
  • O Fronteira — Festival Literário de Castelo Branco não podia deixar passar esta data e por isso vai juntar escritores e jornalistas para discutir o impacto e repercussões do Nobel na literatura portuguesa e lusófona;
  • Vamos conversar sobre o reconhecimento da literatura de expressão portuguesa na construção de uma lusofonia mais vibrante e olharemos para as reais ou ficcionadas hipóteses de poder voltar a ter um Nobel da Literatura.
  • Para isso no dia 14 de abril a partir das 15.30 horas, no Auditório da Biblioteca Municipal, trazemos a Castelo Branco Ana Margarida Carvalho, dupla vencedora do Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores; Isabel Lucas, jornalista e crítica literária, escreve regularmente no jornal Público e colabora com várias publicações, sobretudo nas áreas de cultura e viagens; José Mário Silva, crítico literário e Pedro Mexia, conselheiro cultural do Senhor Presidente da República; Filipa Melo e João Ricardo Pedro, vencedor do Prémio LeYa; entre outros;
  • A fechar o Festival, no dia 15 de maio, pelas 18 horas no Centro de Cultura Contemporânea acontecerá uma entrevista de vida a Pilar del Río | Uma conversa sob o tema «Nobel, uma viagem a 1998».

Há 20 anos, em Frankfurt, José Saramago era surpreendido com o anúncio do Prémio Nobel da Literatura.
Pilar del Río ajuda-nos a viajar até ao dia em que o anúncio da Academia Sueca mudou substancialmente a sua vida e a história da literatura de língua portuguesa.

  • Este ano voltamos a apostar na promoção da leitura nas escolas, pondo os alunos em contacto com escritores e ilustradores premiados através de visitas a 9 escolas dos 4 agrupamentos do concelho onde se realizarão 15 sessões num ambiente descontraído e informal, promovendo uma relação mais próxima e social com a leitura.

Prevista a participação de 1375 alunos autores convidados: António Mota, Filipa Melo, José Dias Pires, Maria Bouza, Maria João Lopes, Pedro Brito e Rachel Caiano;

  • Ainda: 14 de abril de 2018 | Cine-teatro Avenida | 10.00 Workshop «Ilustrar, ilustrar» — Workshop de ilustração por Rachel Caiano. Duração: 2 horas. Inscrições: culturavibra@gmail.com
  • É a vontade de criar novas gerações de leitores, exigentes e informados, que nos levará a um novo Fronteira para 2019.

Estamos apostados em fazer da próxima edição uma demonstração do envolvimento de toda a comunidade albicastrense na promoção da leitura, melhor ainda, na vivência da leitura.

*Organização Fronteira-Festival literário de Castelo Branco

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Idanha-a-Nova: Não paramos de lutar pela Sede e Autonomia da nossa Escola Superior de Gestão

O Ensino Superior está sediado em Idanha-a-Nova há 29 anos. No passado ano lectivo de 2019/20, entraram para a...

FIM Moto GP™ World Championship: MEO dá nome à maior prova mundial de motociclismo que regressa este ano a Portugal

Grande Prémio MEO de Portugal É sobre duas rodas que o MEO, marca do segmento de consumo da...

Observatório Geofísico e Astronómico da UC promove observação noturna na sexta-feira

O Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra (OGAUC) vai promover na sexta-feira, dia 25, uma sessão de observação noturna.

Plano 2020/30: Partidos pedem garantias, do SNS à aposta na ferrovia

Os partidos exigiram hoje ao Governo garantias sobre mais investimento público na saúde, na ferrovia e na soberania alimentar, com o PSD...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: