24.4 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Setembro 21, 2020
No menu items!
Início Nacional Descoberta uma antiga mina de Ouro em Toulões

Descoberta uma antiga mina de Ouro em Toulões

Uma nova exploração mineira de origem romana, de grandes dimensões, foi descoberta pela equipa científica do Geopark Naturtejo  – Geoparque Mundial da UNESCO, na vertente ocidental da Serra da Murracha.
No âmbito dos trabalhos de inventariação da geodiversidade da freguesia dos Toulões para a concretização de percursos turísticos temáticos Carlos Neto de Carvalho, geólogo e coordenador científico do Geopark Naturtejo identificou trabalhos mineiros num afluente da Ribeira do Aravil, ao longo de mais de um quilómetro de extensão do seu vale, numa área aproximada de 30 hectares.
Os trabalhos mineiros mostram técnicas de exploração que remontam ao período de ocupação romana desta região há quase 2000 anos.
Com o apoio do geólogo prospector João Geraldes, os cientistas identificaram uma área de desmonte em plataforma na frente de exploração, um possível canal hidráulico que acumularia a água necessária para produzir a erosão das vertentes, numerosos canais de lavagem de sedimentos com até 4 metros de profundidade, individuais ou dispostos em pente que terão sido alimentados por tanques abertos a montante, escombreiras e acumulações sedimentares no leito do ribeiro, áreas de acumulação de sedimentos resultantes das lavagens do ouro e um canal de drenagem para o Aravil.
Ensaios à bateia realizados pelos investigadores de sedimentos recolhidos nas paredes dos canais de lavagem mostraram indícios de ouro, o que demonstra a razão pela qual se realizaram trabalhos mineiros desta envergadura na antiguidade.
As características geológicas da Serra da Murracha, composta por depósitos sedimentares detríticos areno-conglomeráticos, são propícias à ocorrência de ouro em diminutas palhetas e pepitas.

Imagem de satélite da área de exploração mineira da Murracha

Na memória dos toulanenses existem referências a locais que se dedicaram à pesquisa de ouro na zona. Entre as décadas de 40 e 80 do século passado o Serviço de Fomento Mineiro realizou numerosas campanhas de prospecção para ouro na zona.
Na bacia do Rio Erges, desde a Ribeira da Bazágueda até à confluência com o Rio Tejo, são conhecidas várias explorações mineiras de origem romana estudadas desde a década de 30, destacando-se pela escala e relevância dos achados o Complexo Mineiro da Presa, em Penamacor, e as minas romanas das Termas de Monfortinho, que se encontram nas duas margens do Rio Erges, ao longo de uma faixa com sete quilómetros de extensão.
No entanto, a antiga exploração mineira da Serra da Murracha tem maiores afinidades estruturais com as grandes minas romanas identificadas em Cória e na serra de Marifranca, na Extremadura.
As memórias do ouro e as grandes cortas mineiras romanas, de que se destaca ainda o Rosmaninhal em Idanha-a-Nova e o Conhal do Arneiro em Nisa, são um património muito expressivo do Geopark Naturtejo, reconhecido pela UNESCO, mas a que ainda não se deu o devido destaque, como património histórico-cultural e factor de diversificação da oferta turística da região.
A descoberta destes trabalhos mineiros na Serra da Murracha é assim um contributo para o enriquecimento do património geomineiro da região raiana.
A descrição da nova mina será publicada em breve na Revista Açafa-Online da Associação de Estudos do Alto Tejo.
*Foto: Google Earth
 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Joana Bento e Sérgio Mendes visitam Parque Industrial da Gardunha Sul

Os vereadores da Câmara Municipal do Fundão eleitos pelo Partido Socialista, Joana Bento e Sérgio Mendes, deslocaram-se, na segunda feira, 14 de...

Transporte em S. Jorge da Beira reposto

A Junta de Freguesia de S. Jorge da Beira, informou em comunicado que a carreira de autocarro, sa 12 horas, anteriormente suspensa,...

Museu Nacional Ferroviário nomeado para o Prémio Nacional de Turismo

O Museu Nacional Ferroviário foi nomeado para participação no Prémio Nacional de Turismo 2020 por membros do respetivo Comité de avaliação.

Amato Lusitano – Associação de Desenvolvimento promove Social IN Summit

Será já nos próximos dias 29 e 30 de setembro que arranca mais uma edição da “Feira Social IN” – Feira de...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: