16 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Junho 17, 2021
No menu items!
InícioDesportoJornalista Fernando Correia assume funções de porta-voz de Bruno de Carvalho

Jornalista Fernando Correia assume funções de porta-voz de Bruno de Carvalho

O jornalista Fernando Correia vai assumir o cargo de porta-voz de Bruno de Carvalho, anunciou hoje o Sporting, referindo que a medida permite ao presidente do clube dedicar-se mais às “suas funções executivas e institucionais”.

O Sporting assinala a “vasta experiência no panorama audiovisual” de Fernando Correia, que a partir de 29 de maio passará a integrar a estrutura de comunicação e a reportar ao diretor, Nuno Saraiva.

A entrada de Fernando Correia, de 82 anos, na estrutura de comunicação surge um dia depois de o Sporting também ter anunciado o regresso de Augusto Inácio, que tinha saído do clube com a chegada do técnico Jorge Jesus.

Na terça-feira, o clube comunicou que Inácio regressa para diretor-geral e que o presidente, Bruno de Carvalho, “deixará de estar presente no banco de suplentes nos jogos da equipa de futebol profissional, exercendo as suas funções institucionais”.

O Sporting comunicou as mudanças após uma semana particularmente difícil, quando, em 15 de maio, antes daquele que seria o primeiro treino para a final da Taça de Portugal, a equipa de futebol ter sido atacada na academia do clube, por um grupo de cerca de 50 alegados adeptos encapuzados, que agrediram técnicos e jogadores.

Dos 23 detidos, nove aceitaram prestar declarações ao Tribunal do Barreiro, em audições que decorreram no fim de semana, e na segunda-feira o juiz de instrução criminal do Barreiro decretou a prisão preventiva de todos.

O cenário agravou-se com as demissões na quinta-feira da Mesa da Assembleia Geral do clube, em bloco, da maioria dos membros do Conselho Fiscal e Disciplinar também do clube, que instaram o presidente do Sporting a seguir o seu exemplo, mas Bruno de Carvalho anunciou que se irá manter no cargo, apesar das seis demissões no Conselho Diretivo.

Paralelamente, foi conhecida a investigação do Ministério Público sobre suspeita de corrupção desportiva em jogos de andebol e futebol do Sporting, que levou o diretor para o futebol do clube, André Geraldes, a ser constituído arguido com mais seis pessoas, numa investigação denominada ‘Cashball’.

*Lusa / Foto: SAPO Desporto

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: