22.7 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Junho 17, 2021
No menu items!
InícioCulturaObras do artista Roy Lichtenstein em exposição no Centro Colombo em Lisboa

Obras do artista Roy Lichtenstein em exposição no Centro Colombo em Lisboa


 Uma exposição com 41 obras do pintor norte-americano Roy Lichtenstein, desde arte pop, paisagens e cartazes, vai ser hoje inaugurada no Centro Comercial Colombo, em Lisboa, no âmbito de um projeto de divulgação artística, anunciou a organização.
“Roy Lichtenstein e a Pop Art” dá título à nova exposição apresentada no âmbito da 8.ª edição do projeto “A Arte chegou ao Colombo”, e tem inauguração oficial marcada para as 11:00, podendo ser visitada pelo público a partir dessa hora.
As obras de Roy Lichtenstein (1923—1997) serão mostradas em quatro secções organizadas cronologicamente: “Pop”, “Paisagens”, “Homenagens” e “Cartazes”.
Um dos criadores do movimento Pop Art, Roy Lichtenstein, transformou imagens da cultura popular e de massas provenientes da publicidade, da banda desenhada e do quotidiano.
“Crying Girl”, “Whaam!” e “As I Opened Fire” são alguns dos trabalhos mais emblemáticos do espólio do artista, que vão poder ser vistos até setembro, no Centro Comercial Colombo.
Influenciado pela cultura de massas e pela emergente sociedade de consumo, Roy Lichtenstein foi um dos artistas mais inovadores da segunda metade do século XX, tendo atingido o maior reconhecimento na década de 1960.
As suas obras constam no ‘top’ das mais valiosas vendidas em leilões de arte em todo o mundo, tendo o seu recorde atingido os 165 milhões de dólares, com a obra “Masterpiece”.
A exposição “Roy Lichtenstein e a Pop Art” pode ser visitada até ao dia 23 de setembro, na Praça Central Colombo, todos os dias, das 10:00 às 24:00, com entrada gratuita.
A curadoria e produção da mostra é da responsabilidade da State of the Art, e o projeto de arquitetura é da autoria da dupla de arquitetos, Diogo Aguiar e João Jesus.
A iniciativa “A Arte chegou ao Colombo” foi lançada em 2011 e contou, no primeiro ano de arranque, com a parceria do Museu Coleção Berardo, na exposição dos trabalhos de quatro artistas nacionais — Joana Vasconcelos, Miguel Palma, Susana Anágua e Isaque Pinheiro.
Seguiram-se depois o Museu Nacional de Arte Antiga (2012), a exposição “Andy Warhol — Icons” (2013), a instalação interativa “The Pool”, da artista norte-americana Jen Lewin (2014), e a “A Divina Comédia de Salvador Dalí” (2015).
A praça central do Colombo recebeu ainda a exposição de fotografia Terry O’Neill — “Faces of the Stars”, e, no ano passado, “O Mundo Fantástico de Paula Rego”, que mobilizou 224.500 visitantes, em três meses.
*Lusa / Foto: EMILIO NARANJO

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: