27.8 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Junho 16, 2021
No menu items!
InícioDesportoPortugal, Portugal, Portugal…

Portugal, Portugal, Portugal…

Está a decorrer, como todos sabem, o Campeonato Mundial de Futebol, na Rússia e onde, entre muitas outras, Portugal está a participar.
No momento em que escrevo este texto, sexta-feira à hora de almoço, a seleção portuguesa já realizou dois jogos do seu grupo, com a Espanha e Marrocos.

José Lagiosa

Um empate com “nuestros hermanos” a 3 bolas e uma vitória tangencial com a melhor equipa africana do momento colocam-nos em igualdade pontual com Espanha no primeiro lugar da atual classificação.
Resta-nos na segunda-feira o jogo com o Irão, venceu Marrocos por 1-0, treinado pelo nosso compatriota, Carlos Queiroz.
Tarefa difícil, depois do que vimos frente a Marrocos e Espanha, por parte da equipa que muitos apontavam como bombo da festa, no grupo, mas que tem demonstrado dentro das quatro linhas que não o é, o que para já atesta bem o belo trabalho que o português está a fazer por aqueles lados.
A equipa iraniana está neste momento, ainda em condições de poder ser apurada para os oitavos de final, bastando para isso vencer Portugal. Por seu lado a nossa seleção necessita unicamente de não perder para conseguir o apuramento, podendo em caso de vitória superior, em números, à de Espanha, atingir o primeiro lugar do grupo.
Tenho ouvido falar que não tem, a equipa portuguesa, feito exibições por aí além, e é inteiramente verdade.
Mas, o que mais importa neste tipo de competições, é o apuramento para as fases seguintes, a eliminar, em que tudo se decide num único jogo, e aí, Portugal costuma crescer em ambição e qualidade de jogo.
Vamos ver se assim é desta vez. Amanhã, ao final da tarde a equipa de todos nós, vai entrar em campo para derrotar o Irão.
É a garantia que continuará na prova e que poderá fazê-lo em primeiro lugar do grupo.
Com um Cristiano Ronaldo imparável até ao momento e cioso de bater, neste campeonato da Rússia, mais uns quantos recordes, este homem até cansa, de tanta garra, tanto objetivo, tanto futebol jogado.
Ronaldo é assim mesmo. É o seu ADN.
Construiu a sua carreira, pese embora o apoio familiar, a pulso, quando muitos pensavam que se perderia em Lisboa, supostamente sozinho.
Valeu-lhe à data um Sporting com uma estrutura “protetora” dos seus jovens, mas fundamentalmente uma transferência para um Manchester United onde predominava um homem, Sir Alex Ferguson, que fez dele o jogador inteligente, ambicioso q.b., preparado para uma grande carreira, como tem sido a dele.
Depois a ajudar, a sua personalidade de humildade, sentido de responsabilidade social que lhe conferem um estatuto de pessoa boa e responsável.
E é esta realidade que faz dele o grande jogador, pai, companheiro, colegas, respeitado internacionalmente e entre os seus.
Ronaldo é Portugal e Portugal é Ronaldo.
Amanhã haverá mais de dez milhões, em Portugal e no mundo a torcer pelo país mas também por Ronaldo.
Amanhã é tempo de gritar Portugal, Portugal, Portugal…

*José Lagiosa, diretor do beiranews.pt

 
 
 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: