Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

BeiraNews | Junho 22, 2018

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Adega 23 inaugurada em Vila Velha de Ródão

Adega 23 inaugurada em Vila Velha de Ródão
José Lagiosa

A Adega 23, um projeto de investimento vitivinícola localizado em Sarnadas de Ródão, concelho de Velha de Rodão, foi inaugurada no passado sábado, 9 de junho, numa cerimónia que contou com a presença do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas dos Santos, e do secretário de Estado, Luís Medeiros Vieira.

Luís Capoula dos Santos com Manuela Carmona

A Adega 23, situada à beira da autoestrada que lhe deu o nome, é constituída por uma vinha com 11 hectares onde foram plantadas várias castas, sendo um projeto da empresária e médica oftalmologista Manuela Carmona.

A inauguração decorreu no sábado e contou ainda com a presença do presidente da Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão, Luís Pereira, do presidente da Assembleia Municipal, António Carmona, do restante executivo camarário e demais convidados.

Luís Capoula dos Santos, ministro da Agricultura

“Este é um investimento que muito orgulha o concelho de Vila Velha de Ródão, com um edifício de merecido destaque e com uma visão muito estratégica, marca que distingue a responsável pelo investimento, a doutora Manuela Carmona, uma nossa conterrânea que escolheu a sua terra para este grande investimento na área dos vinhos”, frisou Luís Pereira, presidente da Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão.

“A ousadia, paixão e determinação que teve [Manuela Carmona] para fazer este investimento em Vila Velha de Ródão”, salientou o autarca.

“Vila Velha de Ródão tem hoje, uma actividade agrícola com alguma dimensão”, concluiu Luís Pereira.

Já a investidora agradeceu ao ministro da Agricultura ao afirmar “que a a sua presença mostra o apreço que tem pelo sector do vinho”.

“O senhor [Luís Pereira] foi o único, das pessoas com quem falei inicialmente, que acreditou, desde o princípio, neste projeto”, agradeceu Manuela Carmona ao presidente da autarquia.

Da esquerda para a direita, Luís Medeiros Vieira, Luís Pereira, Luís Capoula dos Santos e Adelina Martins

“Este projeto, no início, poucas pessoas acreditavam nele. Acreditou o senhor presidente da Câmara e alguns dos presentes que me acompanharam nas inúmeras visitas que fiz a adegas, pelo país”, finalizou a investidora.

Por seu lado o ministro da Agricultura salientou que “felizmente a agricultura portuguesa está a passar um bom momento”.

“Quando entramos na CEE, todos diziam que era o fim da agricultura portuguesa. Passados 30 anos a pujança da agricultura portuguesa é notável”, realçou Capoula dos Santos.

O governante não deixou passar ao lado a oportunidade para concluir que “é com exemplos como este que a agricultura portuguesa pula e avança”.

O vinho branco que se apresenta com grande personalidade

Refira-se que durante a inauguração foram apresentados, aos convidados, os dois primeiros vinhos da adega, o branco e o rosé, sendo que lá mais para o final do ano será lançado o tinto.

Este é um investimento, exclusivamente com capitais próprios, no valor superior a um milhão de euros.

.

 

 

 

 

 

Comentar