Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Fevereiro 17, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Assinatura de contrato de requalificação do Edifício de Apoio ao Lar de Idosos em Oleiros

Assinatura de contrato de requalificação do Edifício de Apoio ao Lar de Idosos em Oleiros
José Lagiosa

O contrato entre a Santa Casa da Misericórdia de Oleiros e a empresa de construção Lourantunes, foi assinado, no passado dia 28 de maio, dando mais um passo para o início das obras de requalificação no edifício de apoio ao Lar de Idosos.

O edifício em questão, foi alvo de uma candidatura ao Fundo Rainha D. Leonor, tendo sido selecionado entre 91 outros projetos para apoio à requalificação do mesmo.

As obras previstas serão financiadas pelo Fundo Rainha D. Leonor no valor de 283.005,32€, sendo o restante montante (377.781,47€) assegurado pela Misericórdia de Oleiros com o apoio Município.

O projeto apresentado contempla não só o próprio edifício, mas também o espaço exterior envolvente, pertencente também à Santa Casa da Misericórdia de Oleiros e privilegiado pela sua localização, pois confina com as instalações da Escola Secundária Padre António de Andrade.

É neste sentido que urge organizar o espaço em questão e torná-lo agradável, mas acima de tudo garantir as relações intergeracionais aproveitando a proximidade das escolas ao lar.

Pretende-se que este espaço seja um ponto de encontro de várias gerações, que promova a convivência diária e onde se podem partilhar experiências entre jovens e idosos, reforçando as suas capacidades de interação.

Além de uma zona de convívio, ajardinada, com mesas e bancos, onde jovens, idosos e população em geral possam conviver, irão existir também pistas de mini golf, bowling e jogo de damas a uma escala urbana, com o intuito de cativar os jovens a interagirem com o público mais idoso, contribuindo assim para um envelhecimento ativo.

Projeto Santa Casa da Misericórdia de Oleiros

Na área a intervir, será ainda resolvido o problema da definição dos espaços de circulação e estacionamento, propondo-se uma zona onde os autocarros podem parar para deixar e recolher os alunos de uma forma segura e ainda a criação de estacionamentos que apoiam a escola e a estrutura residencial para idosos.

O Fundo Rainha D. Leonor, criado por Pedro Santana Lopes enquanto Provedor da  Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e pela União das Misericórdias Portuguesas, serve para ajudar as Misericórdias a concluírem respostas sociais prioritárias que propiciem a inovação social e a intergeracionalidade.

Comentar