10.6 C
Castelo Branco
Sábado, Outubro 24, 2020
No menu items!
Início Desporto França favorita no 'ajuste de contas' da Croácia na final do Mundial

França favorita no 'ajuste de contas' da Croácia na final do Mundial

França e Croácia disputam no domingo uma final inédita do Campeonato do Mundo de futebol, com os gauleses a terem o estatuto de favoritos, perante uns croatas que procuram um ‘ajuste de contas’.

Foi há 20 anos, no Mundial1998, que a França, a atuar em casa, eliminou a Croácia nas meias-finais (2-1), naquela que era até agora a melhor campanha dessa seleção, que acabou por terminar no terceiro lugar.

Apesar do ‘bronze’, essa derrota é ainda hoje uma das mais amargas na nação croata, que há duas décadas esperava por novo duelo, e logo na final do Mundial2018.

As duas seleções chegaram a encontrar-se no Euro2004, que decorreu em Portugal, ainda na fase de grupos, com esse encontro a terminar empatado (2-2).

A Croácia está a viver ‘história’, enquanto a França chega à sua terceira final de um Mundial, esta com um sabor especial, já que há dois anos, no Euro2016, os gauleses sofreram um dos desaires mais penosos, quando, no Stade de France, foram derrotados por Portugal, no jogo decisivo da prova.

A equipa de Didier Deschamps é favorita, não só pelo seu historial, mas também pela preparação que vai ter para o confronto que vai decorrer no Estádio Luzhniki, em Moscovo.

Sem baixas, a França vai entrar em campo com mais um dia de descanso, perante uma equipa croata que, além de ter menos 24 horas, vai ter nas pernas mais 90 minutos disputados, já que foi sempre a prolongamento na fase a eliminar.

Perante a Dinamarca, nos oitavos de final, e a anfitriã Rússia, nos ‘quartos’, a Croácia precisou mesmo das grandes penalidades, enquanto perante a Inglaterra, Mandzukic marcou no prolongamento, no triunfo por 2-1.

O avançado saiu tocado do embate com os ingleses, assim como o lateral-esquerdo Strinic, estando os dois em dúvida para o encontro de domingo, que terá inicio às 16:00 (19:00 horas em Moscovo).

Um trajeto bem diferente teve a França, que venceu Argentina (4-3), Uruguai (2-0) e Bélgica (1-0) dentro do tempo regulamentar, com Griezmann e Mbappé a terem ambos três golos marcados em toda a fase final.

A final do Mundial2018 vai ser arbitrada pelo argentino Nestor Pitana.

*Lusa / Foto: SERGEI ILNITSKY

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Unidade Móvel de Saúde de Oleiros realiza vacinação gratuita contra a gripe sazonal

A Unidade Móvel de Saúde de Oleiros iniciou no dia 21 de outubro a campanha de vacinação contra a gripe sazonal.

Reforma da PAC: uma política agrícola que não respeita o que é comum

Os eurodeputados têm hoje a responsabilidade de salvaguardar o futuro e sustentabilidade da agricultura europeia para a próxima década. É imperativo...

EUA/Eleições: Mais de 50 milhões de eleitores já votaram – contagem independente

Mais de 50 milhões de eleitores já votaram para as eleições presidenciais dos EUA, de acordo com uma contagem de uma agência...

Vila Nova da Barquinha 20 anos a promover o azeite

Pelo 20.º ano consecutivo, Vila Nova da Barquinha volta a celebrar o azeite, entre 1 de novembro e 6 de dezembro.

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: