25.6 C
Castelo Branco
Domingo, Setembro 20, 2020
No menu items!
Início Nacional Câmara de Penamacor lança concurso para obras no valor de 3,5 milhões...

Câmara de Penamacor lança concurso para obras no valor de 3,5 milhões de euros

A Câmara de Penamacor aprovou hoje a abertura de concursos públicos no valor total de 3,5 milhões de euros, que visam a reabilitação do Teatro Clube de Penamacor, a requalificação da zona histórica e a beneficiação da Barragem da Baságueda.

Agendados para a reunião pública do executivo, estes três pontos foram aprovados por unanimidade.

Na sessão, o presidente da Câmara de Penamacor, António Luís Beites, destacou a importância de cada uma das obras, começando pela reabilitação do Teatro Clube de Penamacor, que representa um investimento de cerca de dois milhões de euros e cujos trabalhos devem arrancar ainda este ano.

“É um projeto que irá manter a estrutura do Teatro Clube, nomeadamente as galerias e o palco. Tentará preservar ao máximo as características deste imóvel de 1911”, referiu, especificando que o projeto foi delineado com o acompanhamento pela Direção Regional de Cultura do Centro, pela secretaria de Estado do Turismo e pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro.

O autarca frisou ainda que esta obra vem “suprimir uma lacuna” ao nível dos equipamentos culturais desta vila do distrito de Castelo Branco.

“Finalmente, teremos um anfiteatro para podermos promover ao mais alto nível os nossos eventos e acima de tudo a Cultura em Penamacor, o que, até ao momento, não foi possível por não dispormos de um espaço com a dignidade que os eventos culturais merecem”, apontou.

Segundo referiu, a reabilitação do Teatro Clube já tem financiamento aprovado de cerca de meio milhão de euros no âmbito do Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU) de Penamacor, sendo que o município vai procurar ainda outros instrumentos financeiros para fazer face ao remanescente.

“O montante global de autofinanciamento da Câmara será sempre avultado, mas não será por isso que a obra não irá avançar e não se irá executar”, garantiu.

Referindo que a obra deve prolongar-se até 2020, Beites especificou que o espaço terá capacidade global que pode variar de 150 a 200 pessoas, entre lugares nas galerias, plateia e em pé.

A outra intervenção que avançará a curto prazo prende-se com a requalificação total do Castelo/Fortaleza e zona histórica de Penamacor, numa empreitada que ronda um milhão de euros e que já tinha sido lançada anteriormente, mas que foi interrompida na sequência do chumbo do Tribunal de Contas devido à incompatibilidade detetada por a empresa vencedora ser de familiares de uma vereadora, que entretanto renunciou ao cargo.

O terceiro concurso público que será lançado diz respeito à beneficiação da Barragem da Baságueda, onde serão feitos trabalhos de melhoria, limpeza e desassoreamento da albufeira que durante alguns meses do ano também abastece o concelho.

O custo da obra está estimado em 500 mil euros com financiamento aprovado de 75% no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural.

*Lusa

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Medidas de prevenção são difíceis de interiorizar e assimilar considera Magda Robalo

A Alta Comissária para a Covid-19 da Guiné-Bissau, Magda Robalo, considera que há conhecimento da doença provocada pelo novo coronavírus, mas que...

Vila Velha de Ródão reforça investimento na área da educação

O Município de Vila Velha de Ródão reforçou em quase 50% o investimento feito este ano letivo na área da educação, um...

LIVRE defende suspensão do acordo de extradição entre Portugal e Hong Kong

Após a aprovação da nova Lei de Segurança Nacional, imposta pela China em junho passado, Hong Kong entrou num regime onde é...

Recuperação imobiliária abranda e tem futuro incerto

DEVIDO AOS ATUAIS SINAIS MACRO-ECONÓMICOS EM PORTUGAL Ainda assim nasceram 300 novas empresas de mediação desde junho

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: