Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

BeiraNews | Setembro 19, 2018

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

David Byrne atua hoje em Cascais dando início à 15.ª edição do festival CoolJazz

David Byrne atua hoje em Cascais dando início à 15.ª edição do festival CoolJazz
José Lagiosa

O músico e fundador dos Talking Heads David Byrne atua hoje no hipódromo Manuel Possolo, em Cascais, marcando assim o arranque da 15.ª edição o festival CoolJazz, que decorre até ao final do mês naquela vila.

O músico responsável por temas como “Once in a lifetime” e “Burning down the house”, atua em Cascais meses depois de ter editado “American Utopia”.

A primeira parte do concerto de David Byrne, que atuou em Portugal em 2009 pela última vez, será assegurada pela cantora Sara Tavares e pela trompetista Jessica Pina.

O festival de música, que este ano transitou de Oeiras para Cascais, prossegue a 17 de julho, no parque Marechal Carmona, com os canadianos BadBadNotGood, que terão na primeira parte os portugueses Dead Combo e o contrabaixista Ricardo Marques.

Um dia depois, a 18 de julho, o festival dá “carta-branca” a Salvador Sobral para interpretar um “repertório diverso e inédito”, com passagem pelo jazz, pelos sons da América do Sul e pelos “êxitos que o catapultaram para um patamar de maior reconhecimento”.

Nesse dia, atuam também o músico angolano Toty Sa’med e o saxofonista português Elmano Coelho.

Para 20 de julho, no hipódromo Manuel Possolo, está marcada a atuação do cantor e compositor norte-americano Gregory Porter, que terá na primeira parte o trio Elas e o Jazz, que integra as cantoras Marta Hugon, Joana Machado e Mariana Norton em torno de ‘standards’ do jazz, e o pianista Vasco Pimentel.

A edição deste ano, que inclui ainda atuações da britânica Jessie Ware — a 26 de julho no parque Marechal Carmona, com o multi-instrumentista neozelandês Jordan Rakei e o trompetista Diogo Duque na primeira parte — e do irlandês Van Morrison, com a primeira parte a cargo do grupo português Off The Road — termina a 31 de julho.

Para encerrar a 15.ª edição o festival, a organização escolheu a norte-americana Norah Jones, que se apresentará em formato trio com os músicos Brian Blade (bateria) e Chris Thomas (baixo).

Nesse dia, a primeira parte é assegurada pelo músico português Benjamim e pela trompetista Jessica Pina.

O festival inclui também atuações, de DJ, com entrada gratuita, nos jardins Paula Rego.

Nos jardins Paula Rego vão atuar Kalaf, no domingo, Pedro Tenreiro, a 22, e Vitor Belanciano, a 29.

Comentar