20.6 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Setembro 28, 2020
No menu items!
Início Cultura Caminhos da Água na Sertã registaram sucesso

Caminhos da Água na Sertã registaram sucesso

O Concelho da Sertã recebeu a segunda edição dos “Caminhos da Água”, programa cultural em rede da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo.
De 19 a 22 de julho, várias foram as propostas de animação, música, teatro e percursos artísticos.
A Praia Fluvial da Ribeira Grande, o Jardim da Serrada, a Alameda da Carvalha e a escadaria do Convento foram os palcos escolhidos para as atividades.
A Casa das Brincadeiras, uma iniciativa fora de portas, espalhou magia nos relvados junto à praia fluvial, promoveu boa disposição e puxou pela imaginação dos mais pequenos e pelas memórias dos mais velhos.
Na cidade das esponjas foram construídas muralhas de zonas de lazer coloridas.
Em simultâneo, na cidade visível, ao sabor do giz na ardósia foram crescendo casas, castelos, jardins, prisões, piscinas, profissões, entre outros. Por sua vez, os triciclos adaptados, foram as delícias dos mais crescidos, que circularam à velocidade máxima conseguida pelos pares.
As diversas sessões do percurso artístico sonoro desenvolvido por João Bento proporcionaram viagens/visitas guiadas em áudio às memórias do Jardim da Serrada: acontecimentos, histórias e estórias da Serrada e da Alameda da Carvalha.

Sessão do percurso artístico sonoro

A abordagem ao estilo “avatar” em plena harmonia com a fauna e flora, revelou-se uma experiência didática de partilha (com memórias dos locais) e anti-stress.
No âmbito de teatro de rua e circo contemporâneo, os Caminhos da Água trouxeram até à Sertã o Projecto PIA – EntreMundos e o Projeto EZSub.
No primeiro caso, a praia fluvial foi o cenário ideal para transportar os participantes até ao universo imaginário inspirado na morte.
Os Gigantes e as marionetas de grande dimensão, brincaram e interagiram com a visão e a interpretação do público, numa peça onde não foram necessárias palavras, apenas música e mímica.
No segundo caso, o Submarino permitiu viajar até ao fundo do oceano instalado na Alameda da Carvalha: transportou passageiros de todas as idades, que depressa se apressaram a “tirar” bilhete, para assegurar embarcar nesta aventura, rumo aos sons dos animais marinhos.
No dia 22 de julho, à noite, a escadaria do Convento de Santo António acolheu o concerto de Budda Power Blues & Maria João.
A delicadeza e a teatralidade da voz de Maria João fez um casamento perfeito com a voz rouca e a guitarra elétrica de Budda Guedes, num concerto de blues e jazz que entusiasmou músicos e o público presente, encerrando com chave de ouro a programação dos Caminhos da Água na Sertã que, ao longo dos quatro dias, totalizou cerca de um milhar de participantes.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Pavilhão gimnodesportivo da ESE-IPCB com cobertura reparada

Os presidentes do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), António Fernandes, e do município albicastrense, José Augusto Alves, estiveram de visita às...

EUA/Eleições: Jornal Washington Post declara apoio ao democrata Joe Biden

O jornal de referência Washington Post declarou hoje o seu apoio ao candidato democrata à presidência dos EUA, Joe Biden, para derrotar...

Leiria: Entrega do galardão Empresa Gazela 2019 no dia 2 de outubro

Dado o atual contexto de pandemia, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) não realizará este ano, como habitualmente,...

Museu do Fundão premiado pelo Ibermuseus

O “Museu Arqueológico Municipal José Monteiro, do Fundão foi a único museu português a ser distinguido na  11ª edição do Prémio Ibermuseus de Educação pelo...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: