Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Setembro 20, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Festival do Plangaio e do Maranho em Sobreira Formosa abre inscrições dia 3

Festival do Plangaio e do Maranho em Sobreira Formosa abre inscrições dia 3
José Lagiosa

Estão abertas as inscrições para as Associações da União de Freguesias de Sobreira Formosa e Alvito da Beira e para os artesãos do concelho de Proença-a-Nova interessados em participar no Festival do Plangaio e do Maranho que acontece no fim de semana de 22 e 23 na Praça Cónego José Esteves, em Sobreira Formosa.

A formalização das inscrições, entre 3 e 14 de Setembro, será feita na sede da Junta de Freguesia em Sobreira Formosa.

Este certame volta a promover duas das principais iguarias do concelho: o plangaio e o maranho, que já são uma imagem de marca ao nível gastronómico.

A tradicional desfolhada continua a fazer parte do programa que garante animação, música e os pratos típicos com plangaio e maranho.

Entre as novidades na animação, destaque para a Teatroteka, uma formação de atores que decorrerá no Edifício Fortes e Baterias no sábado com dois horários distintos, das 10h às 12h e das 15h às 17h.

Promovida pelo grupo de teatro Vivarte, o objetivo é formar atores e figurantes interessados em participar no domingo, dia 23, na recriação histórica da Batalha do Alvito.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do e-mail gimprensa@cm-proencanova.pt.

Também no sábado, a partir das 17 horas, terá lugar o atelier temático do projeto Beira Baixa Cultural que representará o ciclo do pão desde o cultivo dos cereais, a colheita, a malha e a preparação da farinha de milho da tradicional broa que depois será amassada, cozida e degustada pelos participantes.

Esta ação inclui um pequeno passeio pedestre e a recriação teatralizada de momentos associados a esta atividade.

No domingo, às 15 horas, será reconstituída a Batalha do Alvito, em mais uma iniciativa do projeto Beira Baixa Cultural, com início no Edifício Forte e Baterias, dirigindo-se em cortejo para a Praça Cónego José Esteves (local onde decorre o Festival do Plangaio e do Maranho). Constituindo parte da identidade histórica e local, e de referência nacional, esta ação encenada representa o choque entre os invasores vindos de Espanha e as tropas portuguesas comandadas pelo Conde Lippe em 1762 que se deu junto à ribeira do Alvito na zona da Catraia Cimeira, perto do Forte das Batarias I, construído para defesa do território à passagem dos invasores.

À semelhança das edições anteriores, este festival gastronómico contará também com música, este ano com a realização do 1º Festival das Artes da Beira Baixa, também integrado no projeto Beira Baixa Cultural, que incluirá vários grupos de música da região da CIMBB.

 

 

 

 

 

 

 

Comentar