Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

BeiraNews | Agosto 15, 2018

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Volta a Portugal: Penúltimas decisões guardadas para a Senhora da Graça

Volta a Portugal: Penúltimas decisões guardadas para a Senhora da Graça
José Lagiosa

A subida à Senhora da Graça poderá decidir hoje a 80.ª edição da Volta a Portugal em bicicleta, numa nona e penúltima etapa para a qual o espanhol Rául Alarcón volta a partir com a camisola amarela.

Antes da ligação de 155,2 quilómetros entre Felgueiras e o topo do Monte Farinha, em Mondim de Basto, o corredor da W52-FC Porto tem 52 segundos de avanço sobre o português Jóni Brandão (Sporting-Tavira) e 1.41 minutos sobre o espanhol Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano), diferenças que se mantêm desde a quarta etapa.

A tirada a Senhora da Graça será mais dura este ano, uma vez que a escalada do Monte Farinha será antecedida por outras duas contagens de montanha de primeira categoria dentro dos 80 quilómetros finais.

A primeira estará colocada aos 91,9 quilómetros, no Alto da Barra, uma subida de 13,3 quilómetros, com uma pendente média de 5,8%, seguindo-se, aos 114,4 a subida para o Barreiro, que terá uma distância de 9,9 quilómetros, a 6,5%.

No 40.º aniversário da primeira chegada à Senhora da Graça, a subida final terá 8,3 quilómetros, a 7,6% de inclinação média.

As três últimas metas volantes desta edição da Volta a Portugal estarão instaladas na Lixa (28,3 quilómetros), em Fermil de Basto (63,4) e já em Mondim de Basto (143,7).

A Volta a Portugal de 2018 termina no domingo, com um contrarrelógio de 17,3 quilómetros, em Fafe.

*Lusa /

Comentar