23.8 C
Castelo Branco
Domingo, Junho 13, 2021
No menu items!
InícioNacionalA função social das empresas

A função social das empresas

Quando se fala do objectivo que têm as empresas, pensa-se logo naquele que é o mais óbvio e que está sem dúvida associado à ideia de empresa, ou seja o de criar lucro, riqueza e mais-valias.
É evidente que este é o objectivo primeiro quando se investe capital qualquer que seja o negócio.
O retorno desse investimento está sempre na primeira linha do pensamento do investidor e do gestor.

José Lagiosa

No entanto as empresas têm mais funções. A formação contínua dos seus trabalhadores, a qual muitas vezes é esquecida ou escamoteada, e sem a qual não é possível manter níveis de competitividade compatíveis com a nossa condição de país europeu.
A função social das empresas que deveria ser desempenhada com frequência por todo o tecido empresarial mas que sobejamente é esquecida, negligenciada ou até pervertida.
Esta componente da vida das empresas pode ganhar diversas formas consoante a dimensão e actividades das mesmas.
Será normal que as grandes empresas, porque maior é também a sua responsabilidade, tenham maior visibilidade nas acções que se enquadram nesta função social.
Seria no entanto muito interessante que se publicitassem as realizações, iniciativas ou demais acções levadas a cabo por empresas de âmbito local, que pelo facto de a sua dimensão tornar tudo mais difícil, terão tanto ou mais mérito quando tomam esta função social a peito, idealizam e colocam em prática iniciativas desta natureza.
E seria certamente gratificante para essas empresas e respectivos gestores que os órgãos de comunicação social locais e porque não os nacionais, dessem voz dessas iniciativas.
Seria certamente um meio de tornar mais viva e rica a memória futura das cidades e vilas deste país, do seu tecido empresarial e poderia, sem dúvida, ser catalisador de outras acções por parte das empresas e gestores mais distraídos nesta matéria.
Nem só para criar riqueza servem as empresas.
Estas serão tão mais importantes quanto souberem utilizar ou mesmo aplicar parte dessa riqueza em realizações de cariz social.
É para isso que também existem as empresas.
*José Lagiosa, diretor do beiranews.pt
 
 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: