18.8 C
Castelo Branco
Domingo, Setembro 26, 2021
No menu items!
InícioNacionalPartido Livre dececionado com competências acrescidas do ministro do Ambiente

Partido Livre dececionado com competências acrescidas do ministro do Ambiente

O partido Livre afirmou hoje ter sentido “a maior deceção” em relação à remodelação governamental anunciada no domingo ao “constatar as competências acrescidas” do ministro do Ambiente, cuja saída esperava ter sido incluída no conjunto.
Num comunicado hoje divulgado, o Livre considera que as posições tomadas pelo ministro João Pedro Matos Fernandes sobre a prospeção para exploração petrolífera na costa portuguesa “tornam insustentável a sua continuidade — sobretudo acumulando a pasta da energia”.

“A nosso ver, é essencial juntar o ambiente e a energia no mesmo ministério, de modo a fazer face às alterações climáticas e aos enormes desafios ambientais que teremos nos próximos anos”, sustentam os dirigentes do Livre.
Contudo, acrescentam, João Pedro Matos Fernandes “não tem demonstrado força ou vontade suficientes para dar prioridade, de facto, às questões ambientais”.
“Ainda esta semana o Ministério do Ambiente se escusou de classificar a foz do rio Sado como área protegida, o que teria salvaguardado a colónia de golfinhos que aí tem o seu habitat”, criticam.
Por estas razões, consideram que, na área do ambiente, se mantém o mesmo espírito da governação: “Resultados económicos extraídos à força das cativações estratégicas e uma quase absoluta negligência ambiental”.
No entanto, o Livre saúda a renovação de caras nas áreas da Saúde, Cultura e Defesa, mas não deixa de notar que o momento escolhido para a entrada dos novos ministros “é extremamente ingrato, uma vez que dificilmente conseguirão marcar a diferença a um ano de novas eleições legislativas”.
*Lusa / Foto: Arquivo

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: