10 C
Castelo Branco
Terça-feira, Novembro 24, 2020
No menu items!
Início Sem Categoria Ateliês Vila Madeiro arrancam a 5 de novembro

Ateliês Vila Madeiro arrancam a 5 de novembro

A população de Penamacor está convidada para participar nos ateliês Vila Madeiro. O objetivo é decorar as ruas e casas durante o evento, que decorre em dezembro

O Município de Penamacor convida toda a população a participar nos ateliês Vila Madeiro, que decorrem entre os dias 5 e 28 de novembro.
Estes ateliês têm como objetivo a decoração das ruas e casas da vila para o evento que decorre durante no mês de dezembro.
Este ano, as atividades envolvem três formadores e são várias as entidades que se vão juntar à iniciativa como o Centro de Dia e Infantário de Nª Srª das Dores da Santa Casa da Misericórdia de Penamacor, a Unidade de Cuidados Continuados do Lar Dona Bárbara Tavares da Silva, o Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches, a Academia Sénior de Penamacor, o Agrupamento de Escoteiros e o Instituto Pina Ferraz, entre outros.
Os ateliês vão ter lugar na Casa do Povo, todas as segundas e quartas feiras, das 20:00 às 22:30.
Para participar, basta aparecer no local nas datas e horas marcadas.
Os formadores deslocar-se-ão, igualmente, às entidades participantes para a realização das atividades.
Os materiais vão ser resgatados à natureza e os wokshops terão como tema a quadra natalícia.la Madeiro, Natal,

O Madeiro

Recorde-se que o Penamacor Vila Madeiro ganhou fama de ser o maior do país.
Todos os anos, com o aproximar do Natal, por todas as freguesias do concelho, os jovens em idade de cumprir o serviço militar unem-se para cortar e transportar os troncos que alimentarão a fogueira para aquecer o Menino Jesus.
Em Penamacor, a chegada do Madeiro tem data marcada e o ato assume foros de festividade.
De facto, no dia 8 de dezembro, a população acorre generosamente à rua para saudar o cortejo de tratores e reboques, em número que procura sempre bater o antecedente, onde os jovens do ano, dantes só os rapazes e agora também as raparigas, empoleirados nos troncos, atiram à rebatina os frutos do ramo de laranjeira que a praxe manda trazer, cantando acompanhados à concertina.
O grande monte de madeira, depositado no adro da igreja, é ateado ao cair da noite do dia 24, à exceção de Penamacor, que arde de 23 para 24, e mantém-se aceso durante vários dias.
Depois da ceia de Natal, a população reúne-se em redor da fogueira, num gesto ritual de fraterno encontro.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Governo alerta 400 mil empresas para teletrabalho e máscara obrigatórios

O Ministério do Trabalho enviou hoje um e-mail a cerca de 400 mil empresas a alertar para a obrigatoriedade do teletrabalho nos...

Covid-19: Novos casos de infeção em Portugal descem há oito dias

Há oitos dias que o número de novos casos de infeção com o novo coronavirus revela um decréscimo, registando hoje 3.919, um...

DCA Talks: “Infográficos e animações na National Geographic”

Promovidas pela área do Design de Comunicação e Audiovisual da Escola Superior de Artes Aplicadas do IPCB, as DCA Talks têm como...

proTEJO e o município de Vila Franca de Xira convidam a cidadania a refletir sobre o controlo e a fiscalização da qualidade da água

O proTEJO – Movimento pelo Tejo e o Município de Vila Franca de Xira convidam os cidadãos e as populações ribeirinhas da...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: