9.4 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Novembro 25, 2020
No menu items!
Início Cultura Novo livro de Haruki Murakami chega terça-feira às livrarias portuguesas

Novo livro de Haruki Murakami chega terça-feira às livrarias portuguesas

O novo livro de Huraki Murakami, “A Morte do Comendador I”, numa tradução para português de Ana Lourenço e Maria João Lourenço, é publicado na terça-feira, pondo fim a um interregno editorial de quatro anos, do escritor.
“A Morte do Comendador I” sucede à obra “A Peregrinação do Rapaz sem Cor”, e narra a história de um retratista sem nome, de 36 anos, subitamente abandonado em Tóquio pela mulher, que vai viver para a casa de montanha de um famoso artista, como descreve a editora Casa das Letras, que chancela a obra.
“A descoberta de um quadro inédito no sótão dessa casa desencadeia uma série de misteriosos acontecimentos e constitui o pretexto para explicar metaforicamente os acontecimentos da vida do protagonista sem nome. A pintura que dá o mote ao romance, essa tem título — `A Morte do Comendador`, e remete para a ópera `Don Giovanni`, de Mozart”, acrescenta a editora portuguesa.
O romance, dividido em duas partes, “elege a música e a pintura como artes privilegiadas, e aborda a solidão e o amor, a arte e o mal”.

Segundo a mesma fonte, este romance tem por objetivo ser uma homenagem à obra “O Grande Gatsby” (1925), de F. Scott Fitzgerald (1896-1940).
Haruki Murakami, de 69 anos, que foi considerado pelo jornal britânico The Guardian um dos “grandes romancistas vivos”, está traduzido em mais de 40 línguas, e tem sido várias vezes apontado para o Nobel da Literatura.

A saída desta nova obra, em fevereiro último, várias filas de fãs do escritor fizeram fila, no Japão, para adquirirem o livro. As grandes livrarias nipónicas organizaram eventos noturnos e ficaram de portas abertas até de madrugada, para celebrarem o lançamento.
A emissora pública japonesa NHK preparou um programa, que foi transmitido duas horas antes do início de venda da obra, para discutir “o fenómeno Haruki Murakami”.
O universo literário de Murakami evoca um mundo fantástico, onde sapos gigantes desafiam assalariados para batalhas e onde chovem cavalas do céu.
O japonês Murakami tornou-se num autor global com a publicação de “Norwegian Wood”, em 1987, e escreveu vários `bestsellers` incluindo “1Q84” e “Kafka à beira-mar”.
Conhecido por resguardar a sua privacidade e por raramente aparecer em público, o escritor tem vários seguidores dos seus contos intricadamente elaborados sobre o absurdo e a solidão da vida moderna.
*Lusa / Foto: JOSE JACOME

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Governo alerta 400 mil empresas para teletrabalho e máscara obrigatórios

O Ministério do Trabalho enviou hoje um e-mail a cerca de 400 mil empresas a alertar para a obrigatoriedade do teletrabalho nos...

Covid-19: Novos casos de infeção em Portugal descem há oito dias

Há oitos dias que o número de novos casos de infeção com o novo coronavirus revela um decréscimo, registando hoje 3.919, um...

DCA Talks: “Infográficos e animações na National Geographic”

Promovidas pela área do Design de Comunicação e Audiovisual da Escola Superior de Artes Aplicadas do IPCB, as DCA Talks têm como...

proTEJO e o município de Vila Franca de Xira convidam a cidadania a refletir sobre o controlo e a fiscalização da qualidade da água

O proTEJO – Movimento pelo Tejo e o Município de Vila Franca de Xira convidam os cidadãos e as populações ribeirinhas da...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: