15.6 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Novembro 30, 2020
No menu items!
Início Internacional PR angolano “sossega” BCP sobre saída da Sonangol do banco português

PR angolano “sossega” BCP sobre saída da Sonangol do banco português

O Presidente angolano, João Lourenço, deu hoje a entender que não é intenção da petrolífera estatal Sonangol sair da estrutura acionista do banco português Millennium BCP.
O chefe de Estado de Angola falava em conferência de imprensa, em Lisboa, no encerramento da visita de três dias que realizou a Portugal, sobre a venda de vários ativos da Sonangol, tendo referido – sem mencionar nomes – que recebeu na sexta-feira, em reunião privada, os responsáveis de um banco português.
“Mas já agora posso dizer que há uma empresa portuguesa que me procurou ontem [sexta-feira], muito preocupada, para saber se a Sonangol ia sair ou não. Em princípio, nós sossegamos essa empresa, para dormir descansada”, disse João Lourenço.

“Estou a referir-me a um banco”, acrescentou o chefe de Estado, sendo que em Portugal a Sonangol tem apenas participações diretas e indiretas no Millennium BCP (onde detém uma posição de 19,49 % do capital social, segundo a informação disponível no ‘site’ do banco datada de 30 de junho) e na Galp.
A petrolífera estatal angolana está em processo de reestruturação e prevê alienar as participações que detém em 52 empresas e em dois conjuntos de ativos, até agora não identificados, processo que decorrerá até dezembro 2019.
Questionado sobre a saída da Sonangol de empresas portuguesas, no âmbito deste processo, João Lourenço enfatizou que existe apenas uma “orientação geral”, no quadro do processo de privatizações, sem ter Portugal especificamente como objetivo nesse processo.
João Lourenço acrescentou que o processo envolveu uma análise “caso a caso” das empresas das quais a Sonangol se deve retirar, tendo sido concluído que a petrolífera vai alienar as participações em cerca de metade (52 das cerca de 100 em que está presente).
“Mas nunca nos referimos expressamente a negócios aqui em Portugal”, disse.
*Lusa / Foto: JOSE SENA GOULAO

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

APDP aposta numa abordagem multidisciplinar para desmitificar as principais dúvidas sobre a diabetes

“As perguntas que não faço dentro do consultório” - 2 de dezembro | 21h30 às 22h30 | Webinar

Covid-19: Hospitais de Coimbra dizem que estão perto do limite da capacidade

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) está "muito próximo do limite de capacidade" de resposta à covid-19, devido à falta...

CASTELO BRANCO: “Já Leram a Poesia de Natal de Frei Agostinho da Cruz?” tema de palestra com António Salvado

A Real Associação da Beira Interior, organizou uma palestra no dia 28 de Novembro, subordinada ao tema “Já Leram a Poesia de...

Covid-19: Moderna pede uso de emergência de vacina a reguladores nos EUA e Europa

A farmacêutica norte-americana Moderna anunciou hoje o pedido de utilização de emergência da sua vacina para a covid-19 aos reguladores do medicamento...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: