8.5 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Novembro 26, 2020
No menu items!
Início Cultura Idanha eleita 2ª melhor “Marca Territorial” do mundo

Idanha eleita 2ª melhor “Marca Territorial” do mundo

Idanha-a-Nova foi considerada a segunda melhor “Marca Territorial” do mundo nos prémios “City Nation Place”, atribuídos este mês de novembro em Londres, Inglaterra.
A estratégia “Recomeçar em Idanha”, desenhada pela Câmara de Idanha-a-Nova e pela Bloom Consulting, foi distinguida entre mais de 100 candidaturas de todo o mundo, com a única Menção Honrosa na categoria principal (“Marca Territorial do Ano”).
Ficou apenas atrás da cidade de Eindhoven (Holanda), num prémio patrocinado pelo New York Times.
Com a conquista deste 2º lugar, Idanha suplanta outros grandes destinos finalistas, tais como Barcelona, Escócia, Estónia ou Salinas, na Califórnia.
O presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto afirma, em relação à atribuição do prémio: “Cumpriu-se um sonho! Este reconhecimento internacional premeia uma estratégia que temos vindo a construir e que já tem resultados muito positivos, no sentido de contrariar fenómenos como o despovoamento e de afirmar as áreas rurais como espaços de oportunidade, inovação e desenvolvimento”.
O autarca sublinha que “esta é a primeira vez que uma região portuguesa consegue esta distinção ultrapassando destinos tão consolidados como Barcelona, com os quais é muito difícil rivalizar até por gerirem orçamentos incomparavelmente superiores ao orçamento de Idanha”.
Armindo Jacinto refere ainda que “na noite de entrega dos prémios comentou-se que, pela primeira vez, um pequeno lugar europeu do Interior consegue este resultado graças à criatividade da sua estratégia. Este prémio dá-nos alento para o trabalho que estamos a desenvolver e demonstra que Idanha está no caminho certo”.

Menção Honrosa

Por seu lado, Filipe Roquette, diretor da Bloom Consulting, considera que “Idanha-a-Nova, através da sua estratégia territorial ‘Recomeçar’, mostra ao mundo que é possível inovar e ter sucesso no mundo rural, apresentando constantemente resultados fascinante”.
De acordo com Claire Derwist (CEO do City Nation Place), “a estratégia ‘Recomeçar em Idanha’ demonstra uma grande visão e ambição em resolver um problema global (despovoamento de zonas rurais) de importância para todo o mundo, com excelentes resultados apresentados”.
Lançada em 2015, a estratégia “Recomeçar em Idanha” assumiu como principal objetivo a resolução de um problema que afetava Idanha há mais de 50 anos: a perda progressiva de população e a dificuldade em reter e atrair pessoas e investimento.
Este ano, pela primeira vez, Idanha-a-Nova conseguiu chegar à estabilização do saldo migratório, esbatendo as diferenças entre o êxodo populacional e o número de pessoas que se mudam para o território.
Desde o início da sua implementação, já são acompanhados no âmbito deste programa mais de 1000 pessoas e cerca de 350 projetos empresariais.
 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Morreu Diego Armando Maradona

Diego Armando Maradona, considerado um dos melhores futebolistas da história, morreu hoje na sua residência, na Argentina, aos 60 anos, anunciou o...

LE: Benfica confirma ‘positivo’ de Taarabt e Jesus chama jogadores da formação

O Benfica confirmou hoje a infeção pelo novo coronavírus do futebolista Adel Taarabt, que se junta aos indisponíveis Julian Weigl e Darwin...

Covid-19: Morreu Reinaldo Teles, histórico dirigente do FC Porto

Reinaldo Teles, histórico dirigente do FC Porto e administrador não-executivo da SAD do campeão português de futebol, morreu hoje, aos 70 anos,...

Concurso “Presépios de Natal” regressa a Castelo Branco com a 14ª edição

Está de volta o concurso “Presépios de Natal”, promovido pela Câmara deCastelo Branco, através da Biblioteca Municipal, este ano em formato onlineface...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: