8.5 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Novembro 26, 2020
No menu items!
Início Nacional Plataforma escreve ao primeiro-ministro a apelar à reposição das Scut na A23...

Plataforma escreve ao primeiro-ministro a apelar à reposição das Scut na A23 e A25

A Plataforma Pela Reposição das Scut na A23 e A25 pediu hoje ao primeiro-ministro para repor a circulação sem custos naquelas vias e disse que António Costa criou “legítimas expectativas” às empresas e pessoas da região.
“A sociedade civil, aqui representada pelas entidades que formam a Plataforma Pela Reposição das Scut e os signatários desta carta, individualidades fortemente preocupadas com o futuro da nossa região, apelam a V. Exa. no sentido de considerar o objetivo expresso de reposição das Scut e na disponibilidade para, em conjunto, se concretizar uma estratégia que encerre em si objetivos e metas para um Plano de Coesão focado na convergência, competitividade e emprego”, lê-se numa carta endereçada a António Costa a que a agência Lusa teve acesso.
Além da Plataforma Pela Reposição das Scut na A23 e A25, subscrevem a carta a Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB), a Universidade da Beira Interior (UBI) e a Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE).
Os signatários recordam a António Costa que, numa reunião de trabalho realizada com empresários na cidade da Covilhã, em meados de 2017, quando visitou a região, “criou legítimas expectativas às empresas, instituições e às gentes da Beira, através de uma decisão que confirmasse a sensibilidade publicamente demonstrada na altura para a necessidade de redução progressiva do valor das portagens na A23 e A25 até à sua abolição”.
“V. Exa. sabe, e certamente reconhece, que os objetivos para que as Scut foram criadas — redução de assimetrias regionais, redução de custos de transporte e aumento da segurança na circulação — iriam permitir atenuar os desequilíbrios associados à baixa natalidade, fluxos migratórios negativos e envelhecimento da população, pelo que, na situação atual, as políticas públicas são extraordinariamente importantes, para não dizer decisivas”, sustentam.
Adiantam ainda que as agendas europeia e nacional assumem como prioritário a promoção de um crescimento inteligente, sustentável e inclusivo.
“Como poderemos não colocar em causa a sustentabilidade dos territórios ditos de baixa densidade se não se aliviarem as pessoas e famílias dos elevados custos de mobilidade e se não se eliminarem custos de contexto, com as portagens à cabeça, como meio de estabilizar económica e financeiramente as empresas aqui localizadas para não se deslocalizarem e para captar e canalizar investimento para atrair e fixar pessoas, sobretudo jovens”, questionam.
A Plataforma integra sete entidades dos distritos de Castelo Branco e da Guarda, nomeadamente a Associação Empresarial da Beira Baixa, a União de Sindicatos de Castelo Branco, a Comissão de Utentes Contra as Portagens na A23, o Movimento de Empresários pela Subsistência pelo Interior, a Associação Empresarial da Região da Guarda, a Comissão de Utentes da A25 e a União de Sindicatos da Guarda.
*Lusa / Foto: ANTÓNIO JOSÉ

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Morreu Diego Armando Maradona

Diego Armando Maradona, considerado um dos melhores futebolistas da história, morreu hoje na sua residência, na Argentina, aos 60 anos, anunciou o...

LE: Benfica confirma ‘positivo’ de Taarabt e Jesus chama jogadores da formação

O Benfica confirmou hoje a infeção pelo novo coronavírus do futebolista Adel Taarabt, que se junta aos indisponíveis Julian Weigl e Darwin...

Covid-19: Morreu Reinaldo Teles, histórico dirigente do FC Porto

Reinaldo Teles, histórico dirigente do FC Porto e administrador não-executivo da SAD do campeão português de futebol, morreu hoje, aos 70 anos,...

Concurso “Presépios de Natal” regressa a Castelo Branco com a 14ª edição

Está de volta o concurso “Presépios de Natal”, promovido pela Câmara deCastelo Branco, através da Biblioteca Municipal, este ano em formato onlineface...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: