5.5 C
Castelo Branco
Terça-feira, Novembro 24, 2020
No menu items!
Início Cultura Receitas das Avós apresentado dia 8 de dezembro na Biblioteca de Castelo...

Receitas das Avós apresentado dia 8 de dezembro na Biblioteca de Castelo Branco

O livro “Receitas das Avós – 2ª edição revista e aumentada” vai ser apresentado, no próximo dia 8 de dezembro, pelas 16H00, na Biblioteca Municipal de Castelo Branco.
A obra apresenta 55 avós, de todo o país, com destaque para as regiões do interior, como os concelhos de Castelo Branco, Vila Velha de Ródão, Idanha-a-Nova, Penamacor,  Belmonte, Fundão, Oleiros,  Tondela, Portalegre, Castelo de Vide ou Torre de Moncorvo e as suas receitas, numa clara homenagem a todas as avós e aos seus netos.
Depois de no ano passado a primeira edição ter ficado esgotada, “decidimos avançar para uma segunda edição revista e aumentada, mantendo as receitas e avós do primeiro livro e acrescentando muitas outras”, explica João Carrega, coordenador deste projeto.
O livro apresenta receitas doces e salgadas, todas confecionadas com o carinho que as avós emprestam à sua cozinha e aos seus netos.
“Muitos desses sabores passaram de mãe para filha, surgindo aqui e ali com um toque mais pessoal, mas sempre com um gosto muito próprio e identificativo”, acrescenta o também jornalista e diretor do Ensino Magazine.
“Este livro procura ser uma homenagem a todas as avós. Não só aquelas que aceitaram o nosso desafio de dar a cara e confecionar os pratos pelos quais os netos mais as identificam, mas a todas sem exceção.  Os tais sabores e vivências únicas, muitas vezes partilhados entre avó e netos, na cozinha durante a sua produção, reforçando a ligação umbilical que os une, garantem-nos a preservação de receitas caseiras, do quotidiano de cada um, onde muitas vezes se juntam diferentes influências”, acrescenta.
Para João Carrega é tudo “isso que torna a cozinha das avós única. Uma cozinha capaz de acolher e juntar distintos conceitos das mais diversas regiões. Nesse sentido, diria que as receitas das avós são mais cosmopolitas do que aquilo que se pensa. Cada uma tem a sua maneira própria de condimentar os seus pratos. E cada um dos seus netos saberá identificá-los como sendo os das suas avós”.
O livro tem o posfácio do  jornalista e subdiretor do semanário Reconquista, José Júlio Cruz, e uma nota de abertura da autoria da professora Maria Florinda Baptista, que também participou na produção da obra, cuja edição é da RVJ.
 
*Foto: Jornal Reconquista

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Novo aeroporto de Luanda sem financiamento adicional e obra retomada no início de 2021

O ministro dos Transportes angolano garantiu hoje que o novo Aeroporto Internacional de Luanda não terá financiamentos adicionais, e que as obras...

Covid-19: Público vai regressar aos estádios ingleses a partir de 02 dezembro

O público vai poder regressar a alguns estádios de Inglaterra a partir de 02 de dezembro, de acordo com limites determinados pela...

Covid-19: Retalho e restauração com perdas superiores a 75% no fim de semana

O retalho e a restauração registaram perdas de 76% no último fim de semana, o segundo com recolher obrigatório e limitações no...

Covid-19: Plano de vacinação está a ser preparado “há meses” em Portugal diz DGS

A diretora-geral da Saúde disse hoje que o plano de vacinação contra a covid-19 em Portugal está a ser preparado “há meses”,...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: