11.1 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Novembro 30, 2020
No menu items!
Início Regional Trabalhadores do Grupo Barraqueiro em greve nos distritos de Leiria e Santarém

Trabalhadores do Grupo Barraqueiro em greve nos distritos de Leiria e Santarém

Os trabalhadores das empresas do Grupo Barraqueiro que operam nos distritos de Leiria e Santarém, vão estar em greve na quinta e sexta-feira, anunciou a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS).
A greve, convocada pela FECTRANS, visa protestar contra “situações discriminatórias” relativas a diferenças laborais e salariais entre trabalhadores, por serem abrangidos por duas convenções de trabalho diferentes, explicou esta quarta-feira Manuel Castelão, dirigente da federação nos dois distritos.
“Enquanto um motorista da Rodoviária do Tejo tem um salário de 621 euros, que na prática são 609, porque tem englobado o abono para falhas, um motorista [abrangido pelo contrato coletivo de trabalho] da ANTROP [Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Pesados de Passageiros] tem um salário a rondar os 650 euros”, exemplificou.
Os trabalhadores reivindicam, por isso, a “unificação das relações laborais”, assim como aumentos do salário e do subsídio de refeição, que é de 2,55 euros, valor que “não dá para comer uma sandes e beber um sumo”.
“O salário mínimo em janeiro ficará nos 600 euros e um motorista tem um salário de 609 euros, ou seja, grande parte destes motoristas fica com um salário nove euros acima do salário mínimo nacional e é inconcebível”, afirmou Manuel Castelão.
A FECTRANS estimou que “praticamente a totalidade” dos 650 trabalhadores possa aderir à greve.
Entretanto, empresas e trabalhadores entraram em desacordo com a garantia de serviços mínimos para os dois dias de greve.
A FECTRANS “fez uma proposta com 150 motoristas para os serviços mínimos e a empresa já respondeu a dizer que é insuficiente e veio solicitar que sejam asseguradas todas as carreiras que transportam alunos para as escolas”, explicou o dirigente sindical, apelando aos trabalhadores para que “não acatem os serviços mínimos”.
A greve abrange trabalhadores das empresas Rodoviária do Oeste, Rodoviária do Tejo e Rodoviária do Lis.
*Lusa / Foto: Manuel Almeida

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Ponto de Vista… por António Justo

Advento é o tempo da esperança Advento é o tempo de espera. Este ano com a característica de continuar...

Covid-19: Rússia regista mais de 26.000 casos pelo quarto dia consecutivo

A Rússia registou hoje mais de 26.000 novos casos de covid-19 pelo quarto dia consecutivo e 368 mortes causadas por esta...

Covid-19: Cerca de 90% dos docentes preocupados ou com medo de serem infetados nas escolas revela inquérito da Fenprof

Nove em cada dez professores estão preocupados ou têm medo de estar nas escolas por considerarem que estão a ser ignoradas regras...

Covid-19: Epidemiologista Anthony Fauci prevê “explosão” de casos após Ação de Graças

O epidemiologista norte-americano Anthony Fauci alertou hoje para um forte aumento do número de contaminações por covid-19, após o feriado de Ação...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: