Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Dezembro 6, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Capela em Idanha nomeada para o Prémio Europeu de Arquitectura Contemporânea

Capela em Idanha nomeada para o Prémio Europeu de Arquitectura Contemporânea
José Lagiosa

A Capela de Nossa Senhora de Fátima, em Idanha-a-Nova, está nomeada para o prémio oficial de arquitectura da União Europeia, o prestigiado Mies van der Rohe Award 2019.

Trata-se do mais importante galardão de arquitectura contemporânea promovido pela União Europeia e pela Fundação Mies van der Rohe, entidade com sede em Barcelona.

O prémio visa reconhecer a excelência da arquitectura produzida na Europa em termos sociais, culturais, técnicos, estéticos e construtivos, contemplando diversas tipologias e enquadramento territorial.

As obras selecionadas pretendem representar a produção arquitectónica no território da União Europeia no biénio 2017-2018.

A obra da Capela de Nossa Senhora de Fátima, projeto do atelier Plano Humano Arquitectos, irá agora integrar o conjunto de nomeados pelas diversas organizações profissionais, peritos independentes e instituições dos países europeus, com vista à seleção de uma shortlist de 40 obras que será divulgada em janeiro de 2019, as quais serão visitadas pelo júri no sentido de eleger os cinco finalistas.

A cerimónia de entrega de prémios terá lugar em Barcelona, em maio de 2019, onde será revelado o grande vencedor.

O júri, cuja composição nominal não foi ainda anunciada, será secretariado por Anna Ramos, diretora da Fundación Mies van der Rohe (Barcelona).

O Mies van der Rohe Award tem distinguido diversos arquitectos com obra no espaço europeu, tais como os reconhecidos OMA (2015), Zaha Hadid (2013), Rafael Moneo (2011), Peter Zumthor (1998), entre outros, tendo na sua primeira edição (1988), sido atribuído a Álvaro Siza pelo projecto do Banco Borges & Irmão, em Vila do Conde.

O projeto da Capela, situada no Campo Nacional de Actividades Escutistas, foi premiado recentemente com o Archizinc Trophy, o Architizer A+ Award 2018, e está também nomeado para os Prémios Construir 2018, e WAF – World Architecture Festival Awards 2018, que irão decorrer em Amesterdão já no final do mês de novembro.

Comentar