Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Fevereiro 25, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Idanha eleita 2ª melhor “Marca Territorial” do mundo

Idanha eleita 2ª melhor “Marca Territorial” do mundo
José Lagiosa

Idanha-a-Nova foi considerada a segunda melhor “Marca Territorial” do mundo nos prémios “City Nation Place”, atribuídos este mês de novembro em Londres, Inglaterra.

A estratégia “Recomeçar em Idanha”, desenhada pela Câmara de Idanha-a-Nova e pela Bloom Consulting, foi distinguida entre mais de 100 candidaturas de todo o mundo, com a única Menção Honrosa na categoria principal (“Marca Territorial do Ano”).

Ficou apenas atrás da cidade de Eindhoven (Holanda), num prémio patrocinado pelo New York Times.

Com a conquista deste 2º lugar, Idanha suplanta outros grandes destinos finalistas, tais como Barcelona, Escócia, Estónia ou Salinas, na Califórnia.

O presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto afirma, em relação à atribuição do prémio: “Cumpriu-se um sonho! Este reconhecimento internacional premeia uma estratégia que temos vindo a construir e que já tem resultados muito positivos, no sentido de contrariar fenómenos como o despovoamento e de afirmar as áreas rurais como espaços de oportunidade, inovação e desenvolvimento”.

O autarca sublinha que “esta é a primeira vez que uma região portuguesa consegue esta distinção ultrapassando destinos tão consolidados como Barcelona, com os quais é muito difícil rivalizar até por gerirem orçamentos incomparavelmente superiores ao orçamento de Idanha”.

Armindo Jacinto refere ainda que “na noite de entrega dos prémios comentou-se que, pela primeira vez, um pequeno lugar europeu do Interior consegue este resultado graças à criatividade da sua estratégia. Este prémio dá-nos alento para o trabalho que estamos a desenvolver e demonstra que Idanha está no caminho certo”.

Menção Honrosa

Por seu lado, Filipe Roquette, diretor da Bloom Consulting, considera que “Idanha-a-Nova, através da sua estratégia territorial ‘Recomeçar’, mostra ao mundo que é possível inovar e ter sucesso no mundo rural, apresentando constantemente resultados fascinante”.

De acordo com Claire Derwist (CEO do City Nation Place), “a estratégia ‘Recomeçar em Idanha’ demonstra uma grande visão e ambição em resolver um problema global (despovoamento de zonas rurais) de importância para todo o mundo, com excelentes resultados apresentados”.

Lançada em 2015, a estratégia “Recomeçar em Idanha” assumiu como principal objetivo a resolução de um problema que afetava Idanha há mais de 50 anos: a perda progressiva de população e a dificuldade em reter e atrair pessoas e investimento.

Este ano, pela primeira vez, Idanha-a-Nova conseguiu chegar à estabilização do saldo migratório, esbatendo as diferenças entre o êxodo populacional e o número de pessoas que se mudam para o território.

Desde o início da sua implementação, já são acompanhados no âmbito deste programa mais de 1000 pessoas e cerca de 350 projetos empresariais.

 

Comentar