Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Julho 21, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Mutualista vence Prémio de Boas Práticas da CCDRC

Mutualista vence Prémio de Boas Práticas da CCDRC
José Lagiosa

Projeto da Unidade Móvel de Saúde venceu Prémio de Boas Práticas de Envelhecimento Ativo e Saudável da Região Centro. A Oficina de Atividades, nova valência da iniciativa, arranca a 29 de Novembro e vai aproveitar instalações de antigas escolas primárias

O projeto da Unidade Móvel de Saúde e de Apoio Psicológico e Social da Mutualista Covilhanense acaba de receber mais uma distinção: o 1º lugar do Prémio de Boas Práticas de Envelhecimento Ativo e Saudável da Região Centro na categoria “Saúde +”, atribuído pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), em estreita colaboração com o consórcio Ageing@Coimbra.

A cerimónia de entrega de prémios decorreu ao final do dia desta terça-feira (20 de Novembro), em Coimbra, durante o 6º Congresso Regional de Envelhecimento Ativo e Saudável.

A distinção surge no mês em que o projeto, implementado a 19 de Novembro de 2016, faz exatamente dois anos.

O Prémio de Boas Práticas em Envelhecimento Ativo e Saudável visa divulgar e reconhecer bons exemplos que promovam o envelhecimento ativo e saudável na região, sejam eles do setor público ou privado.

Nesta segunda edição, a organização recebeu 148 candidaturas, oriundas de 59 dos 100 municípios deste território, em três categorias distintas: “Conhecimento +, “Saúde +” e “Vida +”.

Antes do Congresso, a organização anunciou os três finalistas de cada uma das categorias e convidou os seus promotores a integrar os diferentes painéis do evento, apresentando os seus projetos, tendo revelado os vencedores apenas no final.

“Vencermos este Prémio e sermos apontados como uma boa prática a seguir na área do envelhecimento ativo e saudável pelo projeto da Unidade Móvel, por um organismo como a CCDRC, representa para nós um importante reconhecimento do trabalho que temos vindo a desenvolver nos últimos dois anos, o que nos motiva ainda mais para os desafios que se avizinham, como é o caso da implementação na nova Oficina de Atividades”, afirma Nelson Silva, presidente da associação.

Durante a sua intervenção no Congresso, Nelson Silva anunciou que a Oficina de Atividades, nova valência da Unidade Móvel, «arrancará já no final deste mês», no dia 29.

A Oficina de Atividades, que tem o apoio do Grupo Fidelidade, no seguimento do prémio Fidelidade Comunidade ganho pela Associação em maio passado, inclui dois ateliês temáticos, um de Exercício Físico e outro de Informática/Multimedia, que a Associação levará com regularidade semanal às localidades servidas pela Unidade Móvel de Saúde.

O arranque da nova valência está agendado para a manhã do dia 29 de novembro e contempla Casal de Santa Teresinha e Vale de Cerdeira, ambas povoações da freguesia de São Jorge da Beira.

Os ateliês decorrerão nas instalações das antigas escolas primárias das duas localidades.

“Progressivamente, a Oficina de Atividades chegará também a outras localidades”, explica Nelson Silva.

Atualmente, a Unidade Móvel de Saúde serve com regularidade 10 localidades do concelho da Covilhã: Aldeia de São Francisco de Assis, Barroca Grande, Minas da Panasqueira, Cambões, Vale de Cerdeira, Casal de Santa Teresinha, São Jorge da Beira, Trigas, Verdelhos e Pereiro.

A equipa multidisciplinar do projeto inclui um médico de clínica geral, uma enfermeira, uma farmacêutica, uma técnica social, uma psicóloga e, através de uma parceria com um privado, um optometrista e um audiologista. Com a implementação da Oficina de Atividades, a equipa passará também a contar com um profissional de Educação Física e ainda com um técnico das áreas de Informática e Multimedia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar