17 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Outubro 1, 2020
No menu items!
Início Regional Plano de Ordenamento da Albufeira de Castelo do Bode é oportunidade para...

Plano de Ordenamento da Albufeira de Castelo do Bode é oportunidade para interior

A revisão do Plano de Ordenamento da Albufeira de Castelo do Bode (POACB) é uma “oportunidade” para o desenvolvimento do interior, defendeu na sexta feira o presidente da Câmara da Sertã.

Contudo, José Farinha Nunes (PSD) teme uma “visão castradora” relativamente ao aproveitamento económico da albufeira.

“O que se pretende não é uma liberalização destes planos. Mas a qualidade da água da albufeira de Castelo do Bode não pode criar constrangimentos de tal ordem que impeçam o desenvolvimento da zona”, disse à agência Lusa o autarca.

O presidente daquela autarquia do distrito de Castelo Branco alertou ainda que existem “inúmeros obstáculos ao desenvolvimento de projetos turísticos ou ao aproveitamento das águas para atividades de lazer e recreio”.

José Farinha Nunes defende a revisão do POACB como uma “oportunidade” para o desenvolvimento do interior e frisou que não aceita uma “visão castradora do legislador” relativamente ao aproveitamento económico da albufeira.

No entanto, o autarca afirmou que, “se essas restrições aumentarem, talvez seja de abrir uma outra discussão e perceber de que forma podem os municípios da região ser ressarcidos por abdicarem de um ativo económico tão valioso e estratégico em benefício do bem-estar de outros”.

Para o presidente do município da Sertã, que tem uma área de cerca de 450 km2 e partilha três grandes albufeiras com os seus municípios vizinhos [Castelo de Bode, Bouçã e Cabril, todas elas implantadas no Rio Zêzere], é que deve “existir alguma abertura na discussão de determinadas soluções, sob pena de se estar a condenar toda uma região” que tem no turismo uma das suas principais atividades.

O POACB “já foi bastante castrador no desenvolvimento de duas zonas turísticas de excelência, o Trízio e o Almegue, e o receio é que novas alterações possam agudizar ainda mais esta situação”, referiu, tendo lembrado que “é preciso não esquecer” que, “em regiões deprimidas e onde o despovoamento e a falta de investimento marcam o quotidiano, o turismo surge como uma das boias de salvação para a economia, a par da floresta e da produção de energia”.

A região do Médio Tejo tem cinco municípios banhados pela albufeira de Castelo do Bode [Abrantes, Ferreira do Zêzere, Sertã, Tomar e Vila de Rei], tendo o secretário executivo da Comunidade Intermunicipal (CIMT) afirmado que “este é um momento extremamente importante” num processo que a CIMT “está a acompanhar e a concertar em termos de contributos” por parte dos municípios diretamente envolvidos.

“É um ativo muito importante para a região do Médio Tejo e um dos grandes desafios estratégicos é que a albufeira, além da sua preservação, possa ajudar a promover a valorização económica destes territórios”, disse à Lusa Miguel Pombeiro.

O Governo decretou a revisão do Plano de Ordenamento da Albufeira de Castelo do Bode (POACB) e a sua substituição pelo Programa Especial da Albufeira de Castelo do Bode (PEACB), processo que foi lançado em junho e que está em discussão, tendo um prazo de 18 meses para sua conclusão.

*Lusa / Foto: MARIO CALDEIRA

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Central de Biomassa do Fundão: Bloco denuncia que já passaram os 80 dias para obras de melhoramento

Continuam as queixas dos moradores devido ao ruído da Central de Biomassa do Fundão. Na sessão ordinária da...

Lisboa terá programa de Bolsas em homenagem a Alcindo Monteiro proposto pelo LIVRE

Os Deputados Municipais do LIVRE na Assembleia Municipal de Lisboa apresentaram na reunião do passado dia 22 de Setembro uma Recomendação para homenagear Alcindo...

Projeto quer gerar 800 empregos na música, teatro e literatura nos PALOP e Timor

O Instituto Camões escolheu o Dia da Música para apresentar hoje um “projeto inédito” que pretende criar 800 novos empregos nas áreas...

Cristina Rodrigues faz «Tavessia» de Madrid para Castelo Branco

Tem curadoria do espanhol Mateo Feijóo e estará patente no CCCCB - Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco de 10...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: