28.3 C
Castelo Branco
Terça-feira, Agosto 11, 2020
No menu items!
Início Cultura Governo está a cumprir reversão dos cortes às fundações

Governo está a cumprir reversão dos cortes às fundações

A ministra da Cultura, afirmou hoje, no Museu do Douro, que o Governo está a cumprir o compromisso de reverter os cortes financeiros nas fundações e desafiou ao alargamento dos parceiros privados desta instituição, com sede na Régua.
A ministra da Cultura, afirmou hoje, no Museu do Douro, que o Governo está a cumprir o compromisso de reverter os cortes financeiros nas fundações e desafiou ao alargamento dos parceiros privados desta instituição, com sede na Régua.
Graça Fonseca anunciou um aumento da dotação para a Fundação Museu do Douro para os 440 mil euros, em 2019, e garantiu que o objetivo é atingir os 500 mil euros, que era a comparticipação estatal antes dos cortes na altura da ‘troika’.
“Ao longo do mandato deste Governo foi assumido o compromisso com as diversas fundações nas quais o Estado está presente, através do Governo, de reverter progressivamente os cortes”, afirmou a governante, após uma reunião com a Fundação Museu do Douro, na cidade de Peso do Régua, distrito de Vila Real.
A dotação estatal para a Fundação Museu do Douro sofreu, em 2013 e durante o Governo PSD/CDS-PP, um corte dos 500 mil euros para os 350 mil euros, à imagem do que aconteceu com outras fundações no país.
Da mesma maneira que “há o desafio ao Governo de que mantenha o aumento da comparticipação pública”, Graça Fonseca lançou o desafio para, em conjunto, se trabalhar para “alargar a rede de mecenas e de parceiros privados nesta fundação”.
O objetivo é, segundo a ministra, uma “diversificação das fontes” e “criar novos públicos”.
O Estado deve ao Museu do Douro uma parte do orçamento relativo a 2015, no entanto, Graça Fonseca referiu que esta “questão vai ser resolvida em dezembro”.
A Fundação Museu do Douro foi criada a 23 de março de 2006, pelo Decreto-Lei nº 70/06.
Fazem parte do conselho de fundadores, para além do Estado, câmaras da Região Demarcada do Douro, outras entidades publicas e ainda privadas, como empresas do território.
O diretor do Museu do Douro, Fernando Seara, referiu que a “sustentabilidade do museu não advém só da dotação do Ministério da Cultura mas também da capacidade que o museu tem de mobilizar os privados e as outras instituição da região para serem mecenas e colaborarem com a instituição”.
A ministra visitou ainda novo circuito de visita “O outro lado do Museu”, que mostra os bastidores, como as oficinas de restauro e conversação.
*Lusa / Foto: JOSÉ SENA GOULÃO

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Governo prepara orientações para setor “muito complexo” dos eventos

O Ministério da Economia já tem uma proposta de orientações para o funcionamento do setor dos eventos que é “muito complexo” dado...

Bruno Fialho marca presença na manifestação da APSTE

“A Sra. Ministra da Cultura tem mostrado uma inqualificável insensibilidade para resolver os problemas destas pessoas. Há meses que lhe foi...

Conhece a lista de descontos em Castelo Branco no Dia Internacional da Juventude

O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), em parceria com o Conselho Nacional de Juventude (CNJ) e com a Federação Nacional...

Condicionamento de trânsito na Vila da Sertã

De 12 a 15 de agosto, o trânsito automóvel estará sujeito a condicionamento na Rua da Beira Baixa, na Vila da Sertã.

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: