2.2 C
Castelo Branco
Sexta-feira, Dezembro 4, 2020
No menu items!
Início Internacional Primeiro-ministro francês começou a receber partidos sobre crise dos "coletes amarelos"

Primeiro-ministro francês começou a receber partidos sobre crise dos "coletes amarelos"

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, iniciou hoje uma ronda de reuniões para receber os chefes dos partidos políticos e procurar uma saída para a crise dos “coletes amarelos”, que continuam em protesto em diferentes partes do país.
O primeiro a ser convocado para o Palácio de Matignon, residência oficial do primeiro-ministro, foi a presidente da câmara de Paris, a socialista Anne Hidalgo, que chegou poucos minutos antes das 08:30 locais (07:30 em Lisboa).
É também esperado hoje no Palácio de Matignon a líder da formação de extrema direita União Nacional (antiga Frente Nacional), Marine Le Pen, o primeiro secretário do Partido Socialista, Olivier Faure, o presidente dos republicanos conservadores, Laurent Wauquiez, e Stanislas Guerini, o novo delegado geral do partido Em Marche!, do presidente Emmanuel Macron.
O líder da formação esquerdista França Insubmissa, Jean-Luc Mélenchon, que como Le Pen pediu a dissolução da Assembleia Nacional para a convocação de eleições legislativas, poderá não comparecer e ser substituído por membros da sua equipa.
Édouard Philippe planeia continuar a concertação na terça-feira com representantes dos ‘coletes amarelos’, mas resta saber se tal será possível e em que formato, após o fiasco de uma reunião semelhante na sexta-feira passada.
O fim de semana ficou marcado em França por violentos protestos do movimento dos “coletes amarelos”, sobretudo por desacatos em Paris e por atos de vandalismo no Arco do Triunfo. O monumento, que é símbolo emblemático de Paris e da própria França, foi pintado, o seu museu saqueado e uma estátua partida, à margem dos protestos.
Os últimos dados sobre sábado indicam que 136 mil pessoas se juntaram à mobilização dos “coletes amarelos” e que houve 263 feridos.
O porta-voz do governo, Benjamin Griveaux, não quis adiantar hoje de manhã qualquer informação sobre se o governo vai ceder ao que desde o início foi a primeira reivindicação dos coletes amarelos’: anular o aumento de impostos sobre os combustíveis (gasolina e especialmente diesel), agendado para 01 de janeiro.
“Não tomamos as decisões antes” das reuniões com os representantes desse movimento e das partes, já que “vamos recebê-las para conversar”, disse Griveaux hoje de manhã, em entrevista à emissora “France Inter”.
Os “coletes amarelos” continuam hoje as suas ações de protesto em rotundas, estradas e acesso a complexos petrolíferos em várias partes do país, incluindo um bloqueio da fronteira com a Espanha em Le Perthus, que decorreu de madrugada durante várias horas.
O prefeito do departamento dos Pirineus Orientais explicou, pouco antes das 08:00 locais (07:00 em Lisboa), na sua conta no Twitter, que tinha levantado esse bloqueio.
Na Bretanha, o prefeito de Finistère anunciou no domingo restrições à venda de combustível para lidar com os problemas de abastecimento devido aos bloqueios nos depósitos de distribuição em Lorient e Brest.
*Lusa / Foto EPA/ETIENNE LAURENT

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Pedro Sousa lidera elenco das meias-finais do Maia Open

Português é o mais experiente dos quatro protagonistas Campeão em título foi eliminado Título de pares é entregue este sábado Pedro Sousa continua a somar vitórias no Complexo...

Covid-19: Críticas ao Governo da esquerda à direita na resposta à crise

Os partidos que votaram contra ou se abstiveram na renovação do estado de emergência para conter a covid-19 fizeram hoje, no parlamento, duras críticas...

Pedro Salvado Coordenador em Portugal do GSIM

O investigador albicastrense Pedro Salvado, diretor do Museu do Fundão, foi nomeado delegado em Portugal do Grupo Salamanca de Investigação em Museus e Património...

Teatro das Beiras despede-se de 2020 em digressão

O Teatro das Beiras despede-se de 2020 com a digressão das peças "A Força do Hábito", na Arrentela - Seixal, a 4 de dezembro e "Pequeno Retábulo de García Lorca",...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: