8.5 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Novembro 26, 2020
No menu items!
Início Nacional Fundão insistiu na atração de investimento e inverteu saldo migratório negativo

Fundão insistiu na atração de investimento e inverteu saldo migratório negativo

O Fundão tem vindo a apostar num Plano de Inovação para a atração de investimento, criação de emprego e fixação de pessoas, cujos reflexos já se fazem sentir na inversão do saldo migratório negativo ou na redução do desemprego.
“Em 2015, e pela primeira vez em muitos anos, registamos um saldo migratório positivo. Ou seja, tivemos mais gente a entrar do que a sair. E isto num concelho que até aqui era tipicamente de emigração”, referiu à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal do Fundão, Paulo Fernandes.
O autarca lembrou que, em 2013, “perante a crise e os problemas de baixa densidade verificados”, a prioridade do município foi delinear uma estratégia centrada na atração de empresas, na criação de valor, na competitividade e inovação, na internacionalização e na formação.
“Um dos aspetos relevantes foi o de transformarmos um problema em oportunidade, isto é, mostrarmos que o facto de sermos um território com um baixo custo de vida, com segurança, com boas condições de saúde e de educação podia ser um fator diferenciador e uma mais-valia para a fixação de empresas e de as pessoas”, explicou.
Na atração de empresas, o município direcionou o plano para a área das novas tecnologias, setor que regista um crescimento global e uma crescente procura de profissionais em todo o mundo.
Na lista das vantagens locais, foram inscritos benefícios fiscais para as empresas, a criação do Centro de Negócios ou o apoio à habitação para profissionais qualificados, bem como a implementação de um projeto de formação avançada — a Academia de Código –, que requalifica pessoas de várias áreas de atividade para o setor da programação.
Por outro lado, garante Paulo Fernandes, as medidas também tiveram em conta as necessidades dos setores mais tradicionais, promovendo a criação de uma rede de produtores, produtos e subprodutos, a internacionalização e a formação de mão-de-obra para a metalomecânica e para os têxteis.
“Colocámos o Fundão no mapa positivo do investimento e isso trouxe-nos novas áreas e novos empregos e ‘contagiou’ as áreas mais tradicionais, como a agricultura, o agroindustrial ou a indústria”, referiu.
Passados cerca de cinco anos desde que Plano de Inovação para o Fundão começou a ser implementado, a autarquia faz um balanço positivo e frisa que foi possível atrair empresas e investimento, fixar pessoas, reter conhecimento e dinamizar o tecido económico do concelho.
“Só na área das novas tecnologias foram criados cerca de 700 postos de trabalho, 600 dos quais qualificados na área das engenharias”, acrescenta.
A redução do desemprego acima da média nacional é outro dos números sublinhados, já que de acordo com os últimos dados oficiais, neste concelho, a taxa de desempregados está entre 06 a 07%, quando em 2013 esteve próximo de 18%.
Entre os dados positivos, o autarca cita os registos do Serviços de Estrangeiros e Fronteiras que revelam que, em 2017, havia 570 estrangeiros a viver neste concelho do distrito de Castelo Branco.
Em outubro, a Câmara do Fundão venceu o prémio europeu RegioStars na categoria de apoio à transição industrial inteligente, exatamente com o projeto de atração de empresas tecnológicas.
*Lusa / Foto: Arquivo

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Morreu Diego Armando Maradona

Diego Armando Maradona, considerado um dos melhores futebolistas da história, morreu hoje na sua residência, na Argentina, aos 60 anos, anunciou o...

LE: Benfica confirma ‘positivo’ de Taarabt e Jesus chama jogadores da formação

O Benfica confirmou hoje a infeção pelo novo coronavírus do futebolista Adel Taarabt, que se junta aos indisponíveis Julian Weigl e Darwin...

Covid-19: Morreu Reinaldo Teles, histórico dirigente do FC Porto

Reinaldo Teles, histórico dirigente do FC Porto e administrador não-executivo da SAD do campeão português de futebol, morreu hoje, aos 70 anos,...

Concurso “Presépios de Natal” regressa a Castelo Branco com a 14ª edição

Está de volta o concurso “Presépios de Natal”, promovido pela Câmara deCastelo Branco, através da Biblioteca Municipal, este ano em formato onlineface...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: