17.8 C
Castelo Branco
Sábado, Fevereiro 27, 2021
No menu items!
Início Cultura Mais de uma centena no Encontro de Cantares ao Menino em Penamacor

Mais de uma centena no Encontro de Cantares ao Menino em Penamacor

A segunda edição do Encontro de Cantares ao Menino contou com cerca de 130 pessoas, entre assistentes e participantes. O Convento de Santo António, em Penamacor, foi o palco escolhido

O Convento de Santo António, em Penamacor, recebeu, hoje, dia 15 de dezembro, o 2º Encontro de Cantares ao Menino.
Esta iniciativa, inserida no Penamacor Vila Madeiro, contou com a atuação de grupos vindos de diversas regiões do país como o Rancho Folclórico “As Mondadeiras de Casa Branca” de Sousel, em representação do Alto Alentejo, os Cavaquinhos da Rebordosa, da Beira Litoral Serrana, o Rancho Típico de Vila Nova, também da Beira Litoral, e o anfitrião Grupo Modas Antigas, em representação de Penamacor e de toda a Beira-Baixa.

Os cantares ao Menino no Convento de Santo António em Penamacor

O encontro contou com cerca de 130 pessoas, entre participantes e público presente.
Os Cantares ao Menino ou também designados de Cantares do Ciclo Natalício são quadros do ponto de vista etnomusicológico pouco estudados.
No entanto, sabe-se que para as comunidades do século XX eram importantes, pois era através dos cânticos que se expressavam a sua devoção à religião cristã.
Este ciclo inicia-se com a recolha do Madeiro e termina em janeiro.
São cânticos que estão associados a quatro momentos diferentes: a recolha do Madeiro; o acender do mesmo e a Missa do Galo, com os cânticos ao Menino Jesus; o Dia de Reis, com os Cantares dos Reis; e o Cântico das Janeiras, durante todo o mês de janeiro, onde os grupos de pessoas pediam aquilo que as famílias podiam dar.
Público atento à atuação dos grupos participantes

É aos ranchos folclóricos que cabe a recolha e preservação dos cânticos deste quadro e a sua divulgação, para que não se esqueça ou se perca a memória de um povo.
Esta iniciativa, organizada pela Associação Cultural Resumo Fonético, que tem no seu seio o Grupo de Recolhas Tradicionais Modas Antigas, em colaboração com a Câmara Municipal e a Santa Casa da Misericórdia locais, pretendeu, assim, ser uma representação digna de Cantares ao Menino.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: