16.1 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Janeiro 28, 2021
No menu items!
Início Nacional “Coletes amarelos” tentam bloquear trânsito, acessos ao IC2 cortados em Leiria

“Coletes amarelos” tentam bloquear trânsito, acessos ao IC2 cortados em Leiria

Perto de uma centena de manifestantes do protesto dos “coletes amarelos” condicionaram hoje o trânsito numa rotunda junto ao Estádio Municipal de Leiria, cidade onde a circulação de e para o IC2 foi cortada pela polícia.
Perto das 09:00, os participantes concentraram-se na rotunda da Almoínha Grande, onde o fluxo de trânsito ficou reduzido com o corte das ligações ao Itinerário Complementar (IC) 2, constatou a Lusa no local.
Tal como noutras cidades, os manifestantes procuram ocupar as passadeiras de peões para dificultarem a circulação automóvel, enquanto a polícia vai contrariando essas intenções, afastando os manifestantes, sem até ao momento se registarem incidentes.
Em Aveiro, às 09:00, a Estrada Nacional 109, junto ao nó de acesso à Autoestrada 25, foi cortada momentaneamente por cerca de 40 elementos do protesto.
A PSP conseguiu desbloquear a estrada, mas os “coletes amarelos” voltaram minutos depois a fazer dois novos cortes.
Os participantes, que cantaram o hino, têm empunhado cartazes com inscrições como “não tem perigo, o povo é sereno, o povo autoriza” e reivindicações: aumento do salário mínimo para 100 euros, redução dos impostos e “democracia pura”.
Em Viseu, na zona do Rossio, cerca de quatro dezenas de manifestantes estão também a condicionar o trânsito enquanto atravessam continuamente as passadeiras.
A praça está a receber desde as 07:00 de hoje manifestantes, a “conta-gotas”.
“Estamos a contar com 300 a 400 pessoas ao longo do dia aqui no Rossio e vamos tentar causar algum impacto na via de trânsito com passagens alternadas nas passadeiras. Vamos ficar até às 00:30, que foi a hora que colocámos no documento entregue à Câmara”, disse à Lusa um dos organizadores.
Um cenário semelhante de tentativas de bloquear o tráfego tem sido registado durante a manhã no Marquês de Pombal, em Lisboa, e no nó de Francos, no Porto.
*Lusa / Foto: PAULO CUNHA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: