11.1 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Novembro 30, 2020
No menu items!
Início Internacional Família de seis sírios acolhida em Proença-a-Nova

Família de seis sírios acolhida em Proença-a-Nova

Um casal e os seus quatro filhos, provenientes da Síria, chegaram esta semana à vila de Proença-a-Nova onde vão reiniciar a vida depois da saída forçada do seu país devido à guerra.
Os seis sírios fazem parte de um grupo de 33 refugiados que se encontram em Portugal no âmbito do Programa Voluntário de Reinstalação do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, a ACNUR.
A gestão do processo está a ser realizada em conjunto com o Município que cedeu o alojamento e está a ajudar nos aspetos práticos de uma nova vida num país desconhecido, nomeadamente a inscrição dos filhos (de 17, 14, 12 e 10 anos) na escola, Segurança Social, Finanças, entre outros.
Na próxima semana, a família iniciará aulas de português para que a integração seja mais facilitada.
Esta sexta-feira, 21 de dezembro, a família foi recebida pelo executivo municipal para as boas-vindas ao país e a Proença-a-Nova.
“É minha expetativa, em primeiro lugar, que esta família encontre aqui a estabilidade que necessita depois de uma experiência de guerra e de fuga do país de origem que, com certeza, deixou marcas; e naturalmente que a integração seja tranquila e que se sintam bem-vindos”, afirmou o presidente da Câmara Municipal João Lobo.
Dois dos filhos já visitaram inclusivamente as instalações da ADCPN – Associação Desportiva Cultural de Proença-a-Nova, nomeadamente o campo de futebol, onde irão integrar os treinos nos respetivos escalões.
Um dos próximos passos será encontrar trabalho para o patriarca da família, barbeiro de profissão.
“O problema do despovoamento do Interior do país também está ligado à questão da empregabilidade e esperamos que os investimentos que temos vindo a anunciar comecem a dar frutos a este nível já no início do próximo ano, para que possamos dar resposta a esta situação imediata e a muitas outras para fixarmos população”, acrescenta João Lobo.
Antes de Portugal, os 33 refugiados estavam no Egito, ao cuidado da ONU, e para além de Proença-a-Nova foram instalados nos concelhos de Coimbra, Alvito e Lisboa.
Até final de 2019, Portugal receberá mais de mil refugiados, respondendo a um pedido da Comissão Europeia.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Ponto de Vista… por António Justo

Advento é o tempo da esperança Advento é o tempo de espera. Este ano com a característica de continuar...

Covid-19: Rússia regista mais de 26.000 casos pelo quarto dia consecutivo

A Rússia registou hoje mais de 26.000 novos casos de covid-19 pelo quarto dia consecutivo e 368 mortes causadas por esta...

Covid-19: Cerca de 90% dos docentes preocupados ou com medo de serem infetados nas escolas revela inquérito da Fenprof

Nove em cada dez professores estão preocupados ou têm medo de estar nas escolas por considerarem que estão a ser ignoradas regras...

Covid-19: Epidemiologista Anthony Fauci prevê “explosão” de casos após Ação de Graças

O epidemiologista norte-americano Anthony Fauci alertou hoje para um forte aumento do número de contaminações por covid-19, após o feriado de Ação...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: