Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Agosto 22, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Presidente da CCDRC visitou habitações em construção afetadas pelos incêndios em Oleiros

Presidente da CCDRC visitou habitações em construção afetadas pelos incêndios em Oleiros
José Lagiosa

O Município de Oleiros recebeu na quarta-feira a visita de uma comitiva composta pela presidente e vice-Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro – CCDRC, Ana Abrunhosa e Veiga Simão, e ainda por técnicos responsáveis pelo programa de apoio e respetiva fiscalização.

Esta visita ocorreu no âmbito do Programa de Apoio à Reconstrução de Habitações Permanentes – PARHP – criado após os incêndios de 15 de outubro de 2017,

Recebida no Salão Nobre desta autarquia, Ana Abrunhosa destacou que “o objetivo desta visita é reconhecer o trabalho extraordinário da Câmara Municipal, dos funcionários e das empresas (de construção). Como o Sr. presidente disse, este não foi dos primeiros processos a avançar mas será um dos primeiros a acabar e a acabar bem. Com esta Câmara é muito fácil de trabalhar porque dentro do rigor, agiliza e isso é muito bom”.

A Presidente frisou ainda que: “Mais importante do que estar a entregar chaves é estarmos a cuidar das pessoas e saber que as pessoas muito em breve vão poder mudar-se para essas casas. Eu acho que é isso que as pessoas valorizam. Não vamos devolver tudo, aquilo que perderam, mas uma parte da sua dignidade que é a sua habitação. Eu testemunho e sublinho o trabalho que o Sr. presidente e a sua equipa fizeram desde o início: o levantamento, o trabalho com rigor e o apoio que deram às famílias também com as Juntas de Freguesia. Estes processos como nós sabemos não são fáceis, do lado das burocracias – que neste caso significa cumprir a lei e legalizar situações que no nosso país é hábito não legalizar…é hábito vivermos em casas que ainda estão em nome dos nossos avós por exemplo. Isto também é uma lição para todos nós, de que mesmo nas catástrofes, quando estamos a ajudar as pessoas, temos de cumprir a lei e isso por vezes significa que não conseguimos ser tão céleres quanto gostaríamos. Para finalizar acrescentou: “Eu diria que recebemos os formulários da vossa parte em fevereiro – muitos deles com questões legais por resolver – resolvemos com a vossa ajuda, e estamos no final do ano a celebrar antecipadamente que no início do próximo ano as casas estarão concluídas: Alguém que nos diga que conseguia fazer melhor!”

A comitiva da CCDRC acompanhada pelo presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Fernando Jorge, dos representantes das Juntas de Freguesia em causa, e dos técnicos do Município que têm acompanhado o processo, passou por 8 das 16 casas de habitação de uso permanente totalmente destruídas pelo incêndio, validadas e financiadas ao abrigo do PARHP que se encontram em construção.

Esta visita incidiu principalmente em algumas das casas onde os trabalhos se encontram mais avançados, com o intuito de acompanhar o processo e avaliar os prazos de conclusão das obras e respetiva entrega das chaves aos proprietários.

 

Comentar